quinta-feira, 25 de março de 2021

PRIMAVERAS

 

Abri janelas fechei portões

soltei os cães

mas lá no fundo

onde medra a oliveira

vi claramente despontar

não sei o quê

como se as palavras

fossem perfumes de cores

em desordem

no chão que pisamos


Abri janelas para ouvir

o sussurro das águas

num sopro de vento


Não sabia

que te chamavam Primavera


Eufrázio Filipe


24 comentários:

brancas nuvens negras disse...

Bonita homenagem à chegada "Dela".

Cidália Ferreira disse...

Tão bonito!! :))
-
O sol jubila no universo, em esplendor
-
Beijo, e um excelente dia

" R y k @ r d o " disse...

A Primavera é linda.
.
Cumprimentos poéticos.
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Janita disse...

E as águas sorrindo
e rumorejando
disseram ao Poeta que as suas palavras
eram a doce seiva que a Primavera
estava esperando...

Um abraço, Poeta.

Megy Maia disse...

Boa noite!
Que lindas palavras a iluminarem a alegre Primavera!
Um grande beijinho!
Megy Maia👄💗👄

Roselia Bezerra disse...

Olá, amigo Mar Arável!
Uma beleza de imagem que propicia o frescor Primaveril.
Que o perfume das cores das belas cheguem ao seu redor!
Seja muito feliz e abençoado!
Abraços fraternos de paz e bem

Elvira Carvalho disse...

Tão lindo!
Abraço, saúde e bom fim de semana

Teresa Almeida disse...

É nas águas do poema que a primavera se agita.

Maria Rodrigues disse...

Adoro abrir as minhas janelas e sentir a chegada da primavera.
Belíssimo poema.
Um grande abraço

SARA disse...

Muito bonito o seu poema embora não saiba fazer gosto muito de ler um bjo

© Piedade Araújo Sol disse...

bela homenagem
que ela nos traga mais alegria

bom domingo Poeta!
:)

saudade disse...

Uma das minhas estações preferidas, por toda a sua beleza.
Boa semana, beijo

Graça Pires disse...

As águas na voz do poeta deixam sempre passar o vento e alguma desordem para que ele, o Poeta, possa sentir a sede e a beleza das palavras.
Boa Primavera, meu Amigo.
Uma boa semana com todos os cuidados.
Um beijo.

manuela baptista disse...

Às vezes, o melhor é mesmo não saber,

para que desordenado seja o espanto.


um abraço

Pedro Luso de Carvalho disse...

Olá, Poeta Eufrázio, parabéns pelo belo poema em homenagem à Primavera.
Uma boa semana, com saúde.
Um abraço.

Ailime disse...

Palavras belas e perfumadas como flores de primavera!
Belíssimo poema e uma imagem que refresca o olhar e transmite paz.
Um beijinho e saúde.
Ailime

Agostinho disse...

tudo!
para que Abril seja
já aí!

Abraço, Poeta.

AC disse...

Não interessa o nome, mas sim a substância.
Sempre em grande, caro Eufrázio, pleno de primaveras.

Grande abraço

Canto da Boca disse...


Esta natureza cíclica da Primavera e dos poemas, é mesmo um abrir janelas em nós...

:)

Dia disse...

E ela chegou, cheia de cor e chilrear da passarada, a nossa querida Primavera
Muita saúde

jrd disse...

Mesmo sem saberes que lhe chamavam Primavera cantaste-a como ninguém.
Abraço meu Amigo

bettips disse...

Desfolhar Abril e abrir janelas!
Obg

teresadias disse...

Há ausências com pouco ou nenhum significado.
Feliz e Santa Páscoa.
Beijo, muita saúde.

Jaime Portela disse...

O que será a primavera para os habitantes de locais onde ela não existe?
Este excelente poema parece feito por alguém que chegou recentemente de um desses locais...
Parabéns, gostei imenso.
Bom fim de semana e uma Páscoa Feliz, dentro do possível, caro amigo Eufrázio.
Abraço.