segunda-feira, 20 de julho de 2020

PÉTALA DESPRENDIDA






Para celebrar o hino
apócrifo do vento
nos barcos desgrenhados
respirámos fundo
a essência dos sargaços
e o mar inteiro
sem idade
mal cabia nas nossas mãos

Estávamos tão íntegros
a hastear velas
no branco inconsistente das salivas
a  riscar sulcos na água
garatujas nas paredes do cais
que não contive
nos teus olhos

uma pétala desprendida


eufrázio filipe
(2012)

19 comentários:

" R y k @ r d o " disse...

Bom dia:- Simplesmente maravilhoso
.
Abraço
Cumprimentos.

Sónia M. disse...

Um hino emocionante...
Bj

teresa dias disse...

Um mar inteiro, numa pétala desprendida!!!
Gostei!
Beijo, poeta.

São disse...

Continuas escrevendo bem !


Bom resto de dia :)

Genny Xavier disse...

Estar íntegro diante diante do mar e dos ventos,na companhia partilhada do que ou de quem nos faz respirar essências...belos motivos para se colher pétalas desprendidas das flores de sal e espuma...

Beijo.

Janita disse...

Bela celebração!

Bom fds, Poeta.

Ailime disse...

Uma pétala com aroma de amor.
Belíssimo poema.
Um beijinho e bom fim de semana.
Ailime

ana disse...

Muito bonito este rasto de pétalas.
Bom Domingo! :))

saudade disse...

Muito bom o poema e tudo o que transmites nele.
Bom domingo

Lígia Casaca disse...

Será o vento capaz de empurrar a pétala?

Elvira Carvalho disse...

Dada a minha dificuldade em comentar poesia, li, reli e saio deixando um abraço e votos de uma boa semana, com saúde.

Graça Pires disse...

Cabe o mar inteiro em tuas mãos e há pétalas nos olhos de que te sabe ler...
Uma boa semana com muita saúde, meu Amigo.
Um beijo.

Armando Sena disse...

E não haverá mar, nem marés, que ousem enfrentar a ousadia do querer.
ab

Teresa Almeida disse...

Uma profusão de pétalas.
Beijinhos.

AC disse...

Uma pétala desprendida, a fragilidade de tudo o que nos rodeia. Fica apenas a vontade, a convicção, um esboço de dignidade...

Grande abraço

Agostinho disse...

Generosas são as mãos do poeta a conceber emoções pelas pétalas derramadas.
Muito bom poema.
Abraço.

Juvenal Nunes disse...

O amor é uma preparação constante para a viagem da vida.
Abraço poético.
Juvenal Nunes

George Sand disse...

Palavras que completam.
Obrigada.

lupuscanissignatus disse...

perfumado de maresias