terça-feira, 26 de março de 2019

UM DEUS ENTRISTECIDO






Os teus olhos pássaros espantados
dedilham um rio
à flor da pele

mas o que mais me doi
é a expressão
de um deus entristecido 
que não canta
por falta de espaço


eufrázio filipe

15 comentários:

Lua Azul disse...

A imagem é lindíssima, e o poema também, apesar de triste.
Há que alegrar esses pássaros.
Bjo
Boa noite de terça-feira!

Agostinho disse...

o espaço sempre escasso para olhos
e o rebanho subtraído eternamente
de desejo
¿quantos cordeiros imolados
para que a avidez dos deuses
seja aplacada?

Abraço.

Janita disse...

Muito bonito, Poeta.
E quanta doçura triste
há nesse olhar!

Há que ter esperança
que os pássaros confiem e os
passarinhos aprendam a voar.

Beijo.

Larissa Santos disse...

A Imagem vale por mil palavras. Lindo de ler.

Hoje:- Silêncio, em sentimento profundo.

Bjos
Votos de uma óptima noite.

teresa dias disse...

Tristemente lindos, versos e imagem...
Há olhares que nos atingem na alma.
Beijo.

saudade disse...

Olhos que falam....
Lindo
Beijo

Elvira Carvalho disse...

Tão breve e tão intenso.
Abraço

anamar disse...

Poema e imagem do tempo que corre .
Obrigada pela visita, Felipe

Majo Dutra disse...

Parafraseando... entristecido... distraído...
Os pássaros devem proclamar que a mingua é gritante. Bjs

mz disse...

Quando as águas roubam o espaço, sufoca-se o canto e todos entristecemos.

Belo.

Ailime disse...

Um poema belo e nostálgico com os rios a emergirem dos olhos espantados como pássaros em que a esperança há muito se tornou noite.
Beijinhos e bom fim de semana.
Ailime

Graça Pires disse...

Um deus entristecido ou um deus ausente? Não consigo vislumbrá-lo nos olhos, feitos rio, da criança…
Um poema magnífico e cheio de sensibilidade.
Uma boa semana.
Um beijo.

Teresa Durães disse...

Nem os Deuses podem fazer seja o que for contra a crueldade do Homem

manuela barroso disse...

Olhos de noite sem lua.Olhos de fome de pele. De pássaros que não voam pr falta de amor.E o espaço é ausente demais sem calor.
Belo!
Beijinho EF!

© Piedade Araújo Sol disse...

um Deus entristecido

e um mundo do avesso

também me entristece e sou apenas um simples mortal

:(