quarta-feira, 21 de novembro de 2018

A ESSÊNCIA DA LUZ






A noite não dorme
porque se ama
e deseja

inesgotável
desponta vertebrada
move tempestades

às mãos cheias
dá de beber às fontes
a essência da luz

Tantas são as noites
que não dormem
contadas pelos dedos

a desbravar caminhos
conhecidos


eufrázio filipe

17 comentários:

Teresa Durães disse...

A noite conta sempre a sua história

Lua Azul disse...


Passar a noite sem dormir pode ser bom...
Umas boas noites e uns bons dias!
Que o resto da semana também seja bom!

Arthur Claro disse...

Linda poesia, meus parabéns.

Arthur Claro
http://www.arthur-claro.blogspot.com

Ailime disse...

A luz que desbrava caminhos na noite.
Beijinhos,
Ailime

Teresa Almeida disse...

A noite ditou um belo poema.

jrd disse...

De tão terna a noite é eterna.
Um abraço fraterno

Janita disse...

Sem luz não haveria vida nem caminhos sinuosos para desbravar...
...e a noite seria eterna.

Beijos, Poeta.

Majo Dutra disse...

É somente necessária a essência da luz,
nas deslumbrantes noites que não dormem.
Um beijo, Amigo.
~~~~

Elvira Carvalho disse...

A noite não dorme quando o poeta e a inspiração se amam.
Abraço e bom domingo.

manuela barroso disse...

Ainda bem quando as noites têm a incandescência de acordo com a tempestade.
Bji, EF!

Graça Pires disse...

O ângulo transparente da luz na sua essência…
"Alguns corpos inventam a dimensão incondicionada da noite, exposta e cúmplice como a terra"... Assim o fizeste neste maravilhoso poema.
Uma boa semana, meu Amigo.
Um beijo.

lis disse...

,,, e nasce um novo dia,
'porque se ama e se deseja'
que tal atrasar os relógios e
acumular mais mares rios e terras aráveis?.

Agostinho disse...

Embora conhecidos
os caminhos
nem sempre se iluminarão
como no poema absoluto
que emerge a surpresa da palavra
a cada poro

Abraço.

manuela baptista disse...

no mapa da noite, a Luz!

um abraço

Sandra Louçano disse...

Dar de beber às fontes...que bonito.
Beijinho com estima e amizade.

Pedro Luso de Carvalho disse...

Boa noite, Eufrázio, noite noites indormidas, quem não as tem?
Um abraço

teresa dias disse...

Da escuridão das noites que não dormem surgem poemas de luz.
Lindo!
Abraço.