sábado, 18 de março de 2017

PELA VIDA FORA






Estava em desassossego
a despertar o timbre
de outros mares
quando lançaste uma flor para o palco

uma flor vermelha
de lábios doces
que recolhi pétala a pétala

Nunca soube quem és
muito menos do teu jardim

mas sei que me acordaste
pela vida fora


Eufrázio Filipe
"chão de claridades" editora Lua de Marfim

22 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Lindo!

Beijo, bom fim de semana.

Rogerio G. V. Pereira disse...

(Belo, isto!)

Sofia disse...

Poema encantador. Adorei!

Beijinho.

Tais Luso disse...

São os mistérios, e se são lindos, deixa-os assim por algum tempo, não os toque! você os terá por mais tempo.
bj

Sónia M. disse...

Tanta beleza
num instante!

Beijo

Teresa Almeida disse...


Um poema de pétalas vermelhas subiu ao palco.
Belíssimo, Filipe!

Beijinho.

Marta Vinhais disse...

É tudo o que basta para que se veja e sinta a vida de uma outra perspectiva...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Aleatoriamente disse...

Encantador!
O sentimento costura a essência
ele molda a dor com amor ❤️


Beijinho

Agostinho disse...

Que interessa saber quem és
o que move o chão é o que és
Pétala a pétala ...

Abraço.

Elvira Carvalho disse...

Gosto.
Um abraço

luisa disse...

Uma flor assim,que passa pela vida de uma pessoa,deixa-a inevitavelmente impregnada do seu perfume.

carlos pereira disse...

Caro amigo poeta;

E a flor desabrochou em outros mares e das ondas brotou um silêncio perfumado.

Teresa Durães disse...

Um amor que desperta no incógnito. E é tão bom!

Maria Rodrigues disse...

Alguém especial no palco da vida.
Belíssimo poema
Um abraço
Maria

Majo Dutra disse...

A sedução de uma rosa que surgiu no lugar certo,
no tempo certo...
Um poema gracioso e galante...
Bj ~~~~~~~

Arco-Íris de Frida disse...

Emoçao foi o que senti ao ler...

Graça Pires disse...

Uma flor vermelha. Pétala a pétala a guardaste no coração e fizeste dela uma memória de amor... Belo poema, meu Amigo!
Uma boa semana.
Um beijo.

Teresa Durães disse...

Amores expontâneos. Pena não haver mais memórias sobre o mesmo

Rita Freitas disse...

Lindo! Há despertares assim, belos.
Abraço

teresa dias disse...

Amores feitos de pétalas vermelhas não se esquecem...
Perfeito!

Ana Tapadas disse...

Abençoada a flor vermelha que assim te inspira! Lindo.

Beijinho

Odete Ferreira disse...

Feliz o poeta que, um dia, recebe o sinal que o guia "pela vida fora".
Belas as palavras e a forma como as colocaste no verso.
Bj, Filipe