quinta-feira, 12 de março de 2015

A SÍNTESE DA NUDEZ







Num abraço
seduzidos pela vida
secreta das palavras
escrevemos emoções
mais fortes que a razão

aprendemos a ser lentos
a soletrar pelos dedos
gestos remos e passos 
mesmo que chores 
nos meus olhos
e eu numa folha de papel

Num abraço
se transfiguram pássaros
escarpas relâmpagos
mares desgrenhados

a síntese da nudez


Eufrázio Filipe

 

21 comentários:

Teresa Durães disse...

um abraço transmite tanto!

Majo disse...

*
~ ~ Um amplexo transmite vários sentimentos...

~ ~ Neste caso, refere-se ao desejo, à paixão...

~ ~ Belíssimos e intensos: a paixão e o poema.

~ ~ ~ Abraço amigo. ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~

Rogerio G. V. Pereira disse...

(Tão bonito, isto!)

Lídia Borges disse...


A Poesia a transfigurar o real pelo imaginário, criando outros "mundos" que o poeta sabe possíveis.

Lídia

Graça Pires disse...

Um abraço: lugar onde aceitamos ser felizes sem qualquer condição e em perfeita nudez...
Um belo poema, amigo...
Beijo.

SOL da Esteva disse...

Rodear alguém com os seus braços, é segurar a comunhão dum qualquer tipo de Amor.
Lindo Poema emuldurado da imagem com sentido.

Abraços



SOL

jrd disse...

Pelo tacto nos vamos e a construímos.
Um abraço poeta meu irmão.

Elvira Carvalho disse...

Lindo.
Um abraço e bom fim de semana

CÉU disse...

Convém que o abraço e tudo o que ele envolve, seja lento, até chegar à nudez.

Janita disse...

Maravilhosa síntese de toda a emoção e sentimento que envolve o amplexo de dois corpos! Coração ao lado de coração, cada um sentindo o pulsar do outro.

Gostei muito do apreço pela aprendizagem dos gestos lentos, do choro sem lágrimas numa folha de papel, e do outro, que se sente nos olhos da gente!

Admirável esta apologia poética de um abraço, tão diferente do beijo que mal se sente.

Um abraço de admiração!

Teresa Almeida disse...

Como se o segredo do universo fosse - ali - desvendado.

trepadeira disse...

"Emoções mais fortes que a razão", até à loucura fresca e sã.

Abraço,

mário

heretico disse...

a diáfana transparência ... da nudez.
em teu belo poema.
abraço, Poeta.

Ailime disse...

Um poema muito belo!
Todo ele envolto num enorme abraço repleto de amor!
Beijinhos,
Ailime

Sónia M. disse...

Deixo um abraço e a minha admiração.

Lindo!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

A beleza desta síntese da nudez...

GarçaReal disse...


A nudez das palavras , da alma e do corpo...

Um abraço que diz tanto

Bom domingo

Bjgrande do Lago

Fê blue bird disse...

Uma abraço que desnuda a alma.
Lindo.

beijinho

EU disse...

O ato de abraçar é, geralmente, um gesto antecipatório de cumplicidade. Nele segue uma enorme carga emocional. E esta é, seguramente, pura da nudez.
Belo!
Bjo, Mar :)

Agostinho disse...

Belíssimo nú, poeta.

É com os braços dos abraços
que se elevam do chão traçando
arabescos no azul quando
fundidos num sem embaraço
cantam pétalas de poemas.

ana disse...

Muito belo.
Boa noite.:))