sábado, 24 de janeiro de 2015

PRISIONEIROS DO SONHO






Livres para lá dos limites
num traço esgalhado a pulso

esculpidos no arvoredo
dormem como anjos
a fingir de pássaros

desenham barcos
no pomar das marés
para que tudo aconteça

passo a passo
por sobre as águas
sopram contra o vento

incansáveis
prisioneiros do sonho



32 comentários:

Isabel disse...

Lindo!
Bom fim-de-semana:)

Elvira Carvalho disse...

Muito bonito.
Um abraço e bom fim de semana

Majo disse...

.

~ ~ ~ ~ B e l o ! ~ ~ ~ ~

~ ~"prisioneiros do sonho

~ ~ incansáveis

~ ~ sopram contra o vento"


~ ~ ~ Sopremos! ~ ~ ~

~ ~ ~ ~

Graça Pires disse...

Desenham barcos e fazem-se marinheiros de seus sonhos...
Um beijo.

Dilmar Gomes disse...

Um poema que lembra Mario Quintana. Lindo!. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

Luria Corrêa disse...

Prisioneiros do sonho...sentindo-me impalpável a correr pelos mesmos campos e bosques até me fundir às mares e à vida. Cheguei aqui através do blog da Graça, Eufrázio. E adorei o que de ti li lá. Vou acompanhar. Grande abraço!

vendedor de ilusão disse...

Prisioneiros, eternos sonhadores...
Lindo poema!

manuela baptista disse...

de tal forma que nem os peixes ousam fechar os olhos e descansar


um abraço

lino disse...

Vale bem a pena sonhar!
Abraço

Ana Tapadas disse...

Muito belo...ah se não fora o sonho!

Beijo

Rogerio G. V. Pereira disse...

poema de alento
aos que sopram
contra o vento

te agradeço

jrd disse...

Pelo sonho vão contra ventos e marés.

Um abraço fraterno Poeta

Janita disse...

Liberdade conseguida à força de pulso, não pode deixar fugir o sonho.
O prisioneiro do sonho, só se liberta quando o realiza.

Beijos e bom Domingo, Mar!

Cristina Cebola disse...

Será o vento o grande libertador do sonho para que estrelas se acendam nos olhares??

Abraço meu!

Lune Fragmentos da noite com flores disse...

Lindo teu poema. Seremos sempre livres, no pensamento.

Bom domingo!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Prisioneiros do sonho mas libertos no sonho...
Bela e apelativa a sua poetica.
Abraços
Namibiano

deep disse...

Valham-nos os sonhos e a poesia. :)

Suzete Brainer disse...

Nada melhor do que ser

prisioneiros (poetas) dos sonhos,

pois é permanecer com asas

sobre a realidade...

Adorei,muito lindo!
Bj.

Imprópriaparaconsumo disse...

A liberdade das linhas e dos rabiscos ainda é nossa.
:)

Cristina disse...

Espléndidas letras... mil gracias por llegar hasta mi sitio y permitirme conocer el tuyo.
Bella semana, un fuerte abrazo.

tb disse...

O sonho comanda a vida...
Abraço.

heretico disse...

contra os ventos - assim os heróis (e os poetas), hoje!

abraço, Poeta.

Rita Freitas disse...

Livres na prisão dos sonhos sem limites.

Belo!

bjs

anamar disse...

Amigo Mar...

passo a deixar um beijinho.

Outras tarefas familiares têm -me afastado de leituras amigas.

Ana

AC disse...

É pelo sonho, Eufrázio...
Parabéns, o poema é muito belo!

Abraço

Agostinho disse...

Esgalhado a pulso
o rumo d'amanhã
pelos anjos
que cantarão.

Maria João Mendes disse...

e se não formos prisioneiros do sonho

como podemos ser livres para o desejar e realizar?

gostei muito

beijo

ana disse...

Muito bonito.
Um abraço. :))

oasis dossonhos disse...

o sonho inspira, o sonho estimula, o sonho é o passo, a insitência, a permanência da respiração, do verso. É bom sonhar e ser Poeta.
Abraço.

EU disse...

Abra-se a gaiola para que voe...
:)

Ailime disse...

Sonhos que sobrevoam marés!
Bjs,
Ailime

© Piedade Araújo Sol disse...

eu chamar-lhe-ia
marinheiros de sonhos, mas nunca prisioneiros deles.
muito belo
:)