domingo, 12 de janeiro de 2014

LÁGRIMA AZUL






A imperfeição
parece uma fonte inesgotável
de procuras

talvez por isso

apascentados
a revoar fragâncias
de limos

inocentes os animais
pastavam memórias

Desobrigada
a noite estava linda

Acendi um fósforo
na palha
só para ver
uma lágrima azul
quase perfeita
a despenhar-se dos teus olhos


 

36 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Um fósforo aceso
dá uma bela chama vermelha
bela centelha
Não me fales de lágrimas azuis

Hoje é dia que se presta
a uma lágrima ambígua

Graça Sampaio disse...

Que linda imagem: «Desobrigada, a noite estava linda»... Também "desobrigada" caiu a lágrima daqueles olhos azuis...

(em lágrimas andam muitos dos olhos de todos nós. E nem todos serão azuis...)

Canto da Boca disse...

Talvez seja a desobrigação que torne a noite linda, e por isso mesmo, as lágrimas azuis sejam visíveis...

Laura Santos disse...

Tudo numa imperfeição tão calma, até que palha incendiada provoca a perfeição numa lágrima perfeita no olhar que se deseja.
Foi assim que li...:-)
xx

JP disse...

Andamos sempre à procura...encontramos sempre lágrimas azuis.

Abraço

Licínia Quitério disse...

De uma busca acesa pela perfeição.

jrd disse...

Quando as lágrimas antecedem o incêndio.

Abraço Fraterno

anamar disse...

Leitura obrigatória em alta voz.

BEIJINHO

:)

Arco-Íris de Frida disse...

Queria poder ver uma lagrima azul...

Lídia Borges disse...


A Poesia sugere muito mais do que diz... Mas é visível, na noite iluminada artificialmente, a quase perfeição da lágrima azul.


Um beijo

Elvira Carvalho disse...

Lágrimas azuis seriam as minhas hoje se eu chorasse por futebol...
Gostei do poema.
Um abraço e uma boa semana

M D Roque disse...

Incendeia a alma a procura incansável pela imperfeição. Só encontraste uma perfeita lágrima azul no rescaldo.
Gostei. Muito.
Abraço. D

http://acontarvindoceu.blogspot.pt

Alexandre de Castro disse...

Há incêndios que vale a pena atear!
Principalmente, quando as lágrimas são azuis...

Cristina Cebola disse...

Simplesmente perfeito!
Desculpe a ousadia, viu a lágrima azul?

Boa semana!!!

Suzete Brainer disse...

A perfeição do poema que colhe

a lágrima azul da fonte

inspirada de sentir e

respirar a vida.

Mais que perfeita a beleza

que escorre...

Bj.

Sónia M. disse...

Se não fosse pela imperfeição da palha, que depressa arde, diria que este, é mais um poema perfeito...

(Belíssimo!)

Beijo

Sónia

Rita Freitas disse...

A noite é perfeita apesar da imperfeição :)

bjs

OceanoAzul.Sonhos disse...

A lágrima do poema perfeito.

Abraço
cecilia

Rosa dos Ventos disse...

Com um texto tão poético não me atrevo a falar de outras lágrimas...

Abraço

Justine disse...

Há gestos que valem a pena...

lino disse...

Linda lágrima azul!
Um abraço

ana disse...

Bonito. :))

Secreta disse...

Quase perfeita...quase inimaginável...
Beijinhos.

Maria P. disse...

Cada palavra (quase) uma lágrima azul...

beijinho*

© Piedade Araújo Sol disse...

quase perfeita, as lágrimas. geralmente não são, mas esta é azul, e sendo assim, talvez seja...

:)

Vento disse...

"é na imperfeição que tudo se renova"

tão lindo, Eufrázio.
beijo.

Fa menor disse...

Lágrimas azuis, centelhas de sonho...

heretico disse...

talvez a lágrima (azul) buscasse a clausura dos lábios...

abraço fraterno, Poeta,

Maria João Brito de Sousa disse...

... bela, a tua lágrima azul e suspensa, suspensa...


Abraço grande!

Ana Tapadas disse...

Poesia pura!
Quando um homem escreve assim, criando imagens, juntado duas palavras que antes nunca estiveram unidas...criou Literatura.

Beijo

O tempo das maçãs disse...

A lágrima, mesmo que azul, ainda não é perfeita.

Sempre belo.

Ailime disse...

E assim é a lágrima azul, a desenhar a claridade da noite. Bj Ailime

manuela baptista disse...

que quase, faltou a essa lágrima

se a noite estava linda

demagnetemagazine disse...

lindo!! andava eu em busca de "espaços" enamorados pela poesia e voilà... ;))
obrigada pela partilha!
volto :))
Patrícia*

Jane Gatti disse...

"A imperfeição
parece uma fonte inesgotável
de procuras". É nesse mar de reflexões, produzidas pelos seus versos que mergulho, procurando estabelecer relações, encontrar os elos... Ou quem sabe, apenas apreciando, saboreando o sugerido. Abraços.

Joaninha Musical disse...

Muito lindo esse poema e a imagem que o ilustra foi super bem escolhida e é bem perfeita!! Adorei imenso a tua postagem!! Feliz ano de 2014 para ti,tudo de bom!! Muitos beijinhos e fica com deus!! http://musiquinhasdajoaninha.blogspot.pt