sábado, 5 de maio de 2012

UMA NESGA DE SOL






Quando passa um sopro de lume
no espanto das marés
pétala a pétala
se desfolham primaveras
neste chão

mas nunca se perde uma flor
em carne viva

o olhar terno das pedras
abruptas
na voz silvestre da escarpa

Quando passa uma nesga de sol
puxada a remos
na expressão humana
de um barco
respiram à tona outros voos
devagar

te dou um beijo


43 comentários:

BRANCAMAR disse...

Admiro esta sensibilidade de ver poesia em tudo, desde as escarpas às marés e até as pedras sentem...

Por isso lhe deixo um beijo, na contemplação da "expressão humana/ de um barco", na tranquilidade das águas.

Vento disse...

sempre atento
como as pedras que sentem
e se movem
escarpa abaixo
um beijo
devagarmente

Rogério Pereira disse...

"Quando passa uma nesga de sol
puxada a remos"?

ana disse...

O esforço de remar é compensado pelo reflexo das marés, pétalas de flor ...

Eufrázio, parabéns por este poema sempre tão ligado às águas do mar.

trepadeira disse...

Extasiante.

Um abraço,
mário

Mel de Carvalho disse...

"na expressão humana" de uma poética exímia - belíssima.

abraço fraterno, bfs.
Mel

Isabel disse...

Bonito.

Bom fim-de-semana

AC disse...

Uma nesga de sol pode fazer toda a diferença.
Maravilhoso poema!

Abraço

Anna disse...

Beijar devagar... Amar a vida como se fosse um verso que o coração recita lento...

Bom fim de semana :)

jrd disse...

Grande poema, Meu caro!
Basta-te uma nesga de sol e a poesia nasce.
Abraço

mfc disse...

Quando passa essa nesga de sol, há um sorriso que nos enche de alegria!

Lídia Borges disse...

Gosto destas (in)verdades. São elas que tornam verdadeira a Poesia.
É preciso que a exatidão seja pouca para que um barco possa atravessar o poema e alcançar, como uma seta, o coração.

Um beijo

lino disse...

Devagar se vai longe!
Abraço

Evanir disse...

A amizade é a doce canção da vida é a poesia da eternidade.
O Amigo é a outra metade da gente.
O lado claro e melhor.
Sempre que encontramos um amigo, encontramos um pouco mais de nós mesmos.
O Amigo revela, desvenda, conforta.
É uma porta sempre aberta em qualquer situação.
Um lindo e abençoado final de semana .
Um Domingo na paz e na luz..
Beijos no coração com carinho.
Evanir..

Graça Sampaio disse...

Imagens de força! De muita força!
«Que força é essa...?»

Maria Campos disse...

Força e ternura; força e ternura; força e ternura...

Nesta mistura de sensações, acabamos em ternura com um beijo...

Gostei!

Pata Negra disse...

Bem solado, mareado, olhado...
Um abraço de uma nesga de sol

teresa dias disse...

Aconselharam-me a espreitar.
Espreitei e gostei.
Vou voltar.

Sara disse...

E uma nesga de sol, no meio do cinzentismo, já é tanto!!
O poema é muito bonito. É uma nesga de esperança.
Um abraço.

Hanaé Pais disse...

Respiram outros voos, numa nesga de sol.
E eu agradeço este novo beijo.

Maria disse...

Tivesse eu uma nesga desta água e seria barco....

Beijo.

elvira carvalho disse...

"mas nunca se perde uma flor
em carne viva,"

Poesia pura e dura.
Um abraço

Sónia M. disse...

Uma nesga de sol às vezes, é o principio de tudo...

Deixo-lhe um beijo

Sónia

Licínia Quitério disse...

Humanas sempre as tuas paisagens. Por isso também te deixo um beijo, Amigo.

Belos e Malditos disse...

sopro que ressoa

caminho sem regresso
devagar
aproxima-te

www.amsk.org.br disse...

Que sempre haja uma nesguinha de sol e muitos bjs.

nossos

carla disse...

Quando uma nesga de sol aparece de certo que nos deixa mais felizes e com vontade de dar e receber muitos beios. Lindo o teu poema

Desejo-te uma óptima semana,beijo

Carla granja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

Fa menor disse...

É muito bom quando uma nesga de sol nos beija.

Evanir disse...

Uma mãe é uma pessoa que ao ver que só ficam quatro bocados de torta de chocolate tendo cinco pessoas,
é a primeira em dizer que nunca gostou de chocolate.
Às vezes, as palavras se perdem na expressão da palavra Mãe.
Nenhum dicionário definirá a magia do seu significado e,
em todos os idiomas, traduz o mesmo sentimento:
Ser mãe. No decorrer dessa semana só levarei mensagem do dia das mães.
A você mãezinha que viaja comigo meu eterno carinho e agradecimento.
Ser mãe é graça e benção por isso essa semana será só nossa.
Mães de todo esse mundo . Feliz dia das mães. Dia das mães é todos os Dias.

Secreta disse...

Um beijo...na simplicidade do momento.

helia disse...

Lindo Poema ! E o Sol é maravilhoso !

Justine disse...

É preciso paixão e poesia em tudo o que se faz, em tudo o que se vive! Só assim há um sentido nas coisas.
O teu poema é belíssimo
Abraço (e obrigada pelas palavras amigas)

BlueShell disse...

Que bom...ficou o desejo...desse beijo1

Nilson Barcelli disse...

Às vezes tudo começa por uma nesga de sol.

Em Maio as nesgas alargam-se...

Abraço.

Não me esqueças.... disse...

uma nesga...e a poesia faz-se sol.
belo!

heretico disse...

que a nesga se faça SOL no rosto dos homens...

... e o beijo se alargue em fraternais abraços.

abraço, meu caro Poeta.

oasis dossonhos disse...

A Poesia está nas tuas veias e na respiração, por isso partilhas esta luz, esta sede, este fogo, este voo, esta serenidade inquieta. Venho aqui como a uma fonte de águas profundas, embora não seja tão assíduo quanto gostava, disperso e cansado, numa vida repleta de coisas provavelmente inúteis que me roubam o tempo. Bem hajas pela generosidade de seres.
Abraço
Luís

nacasadorau disse...

Esse é um tempo doce da canção que ninguém sabe cantar só.

Belíssimo
Beijo

R. disse...

Neste poema, a "expressão humana" no seu melhor. Muitos parabéns.

manuela baptista disse...

um sopro de lume

vivo

Rita Freitas disse...

Lindíssimo

Aqui passou uma nesga de sol :)

Beijinhos

OceanoAzul.Sonhos disse...

As flores sobrevivem e tomam vivacidade aquando duma nesga de sol aquela que nos faz respirar.

Gosto das suas palavras.
Abraço
cvb

Hanaé Pais disse...

"Perder uma flor em carne viva."
Forte, muito forte, potente, rasgado!