domingo, 1 de janeiro de 2012

UMA NESGA DE MAR



                                                                          Magritte


Andam por aí
a construir barragens
contra as águas dos rios

mas no cais da minha aldeia

uma nesga de mar

por entre mastros ancorados
desenhou um pássaro
para voar




49 comentários:

trepadeira disse...

E tudo vai mal quando se tenta aprisionar a natureza.

Um abraço,
mário

hfm disse...

Bom ano! sempre com poesia.

Isabel disse...

Que bom que assim foi.

António ganhão disse...

Ensinemos ao mundo e a nós próprios que nos basta uma nesga para vencemos as barragens da vida.

OutrosEncantos disse...

Bom dia, Mar!
Feliz 2012!

jrd disse...

Na tua aldeia há um pássaro-poeta.

Grande abraço, Amigo.

São disse...

Bendita nesga de mar.

Para ti, um 2012 com muita saúde e amor.

Abraço.te.

Maria Campos disse...

Linnnnnnnnnnnndo!
Gostei.
Cá voltarei.
Um bom ano!

Lídia Borges disse...

Surpreendente, hoje!...
Entre a realidade e o sonho. Aí, no lugar de todos os equilíbrios.

Magrite, condizente!

Saudações poéticas, neste início de Ano.

Um beijo

ERA UMA VEZ disse...

Andam por aí a travar as águas sim

loucos são os homens
que desconhecem a força em turbilhão
homens que por vezes não

nem uma lágrima seguram...

Mirian Martin disse...

Entre mares, rios e pássaros, que o seu ano seja de paz e que, na paz, os sonhos se realizem. Beijos.

www.amsk.org.br disse...

A ága sempre encontra o se caminho de volta ... adorei.

bjs de todas nós

lino disse...

Nós também conseguiremos voar pela nesga do mar?
Abraço

sandrafofinha disse...

Oi oi estou passando por aqui para desejar bom ano 2012!! Desejo que tenhas tudo de bom,muita paz,muita saúde e muita amizade e carinho!! Beijinhos fofinhos!!

intimidades disse...

lindo

Bjinhos
Paula

Parole disse...

Podem reter a água, mas nunca a vontade de sonhar.Seu poema é lindo!!!

Beijo.

Mel de Carvalho disse...

uma nesga de mar, uma réstia de sol e a estrada aberta e lata, para que, humanos que somos, prosseguirmos, acreditando nos sonhos capazes de mudar o mundo.

Abraço daqui, Eufrázio.
Um Ano de 2012 pleno de boas energias, meu amigo.

Vieira Calado disse...

Venho expressamente desejar

um Bom Ano de 2012

para si e os seus!

Um abraço

Canto da Boca disse...

(Essa sua terra (aldeia) briosa, debruçada sobre o Atlântico, ainda que uma nesga, não se deixa diluir)

Um 2012 possível!

Beijo!

ana disse...

Mar Arável,
E é essa nesga do mar que nos dá a esperança para que os pássaros voem sobre os navios e levem o nosso carinho!
Bjs e Bom Ano.

AnaMar (pseudónimo) disse...

Pois andam.......mas façam o que fizerem, não conseguem vencer o mar nem a nossa força de lutar.

Um 2012 para além das boas expectativas:-))

Donagata disse...

Um revigorante elixir, lê-lo.

Um bom ano

Sopro Vida Sem Margens disse...

...sucintamente belo este voo...

Bom Ano Poeta
Beijos daqui

OceanoAzul.Sonhos disse...

A liberdade das asas leva esperança que voa no ondular do mar...
Lindo poema.
abraço
oa.s

poetaeusou . . . disse...

*
Amig
visito-te com amizade,
carinho e respeito !
,
Gostei do Post, parabéns ! !
,
retornei e o meu regresso
tem as asas da boa vaga
esquecendo a onda amarga
tão triste no seu quebrar,
porém, é belo o seu trovar,
ecos fortes e salgados,
de Paz , “standarizada” !
Paz nos meus votos sagrados,
que aqui deixo, bem expresso !
,
conchinhas, muitas, para ti !
*

nacasadorau disse...

Que a poesia continua a fluir mesmo por nesgas de mar.

E já cá estamos no ano 2012, que só nos separou do transacto pelo virar da página.

Esperemos conseguir ser mais positivos e solidários para conseguir debelar a crise com um sorriso nos lábios, perpetuando a alegria e a magia da vida em cada dia.

Beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

O homem sempre tenta travar a
natureza só que ela não dorme.
Um beijinho neste inicio de ano
em que precisamos de estar muito
atentos.

Fê-blue bird disse...

Sempre que venho aqui tenho a agradável surpresa de me rever.
BOM ANO!

beijinhos

heretico disse...

há sempre uma nesga de mar. rasgando os rios...

belo o poema. em sua nitidez de esperança.

abraço, Poeta.

Canto da Boca disse...

A propósito, Eufrázio, gosto imenso do Magritte e do Movimento Surrealista.

;)

Olinda Melo disse...

A liberdade encontra, sempre, o seu caminho para se afirmar.

Abraço

Olinda

Licínia Quitério disse...

São assim os poetas, a desenhar pássaros que voam sobre os muros. Bem hajas!

António Gallobar disse...

Olá

Tudo pelo melhor... é realmente um bom desejo, parabens e que o ano de 2012 lhe traga tudo que ambiciona, principalmente porque andam a construir por aí... barragens às nossas vidas.

Grand abraço e um bom ano, principalmente com saúde

Nilson Barcelli disse...

Há aldeias com sorte...
Belíssimo poema, gostei.
Caro amigo, bom resto de semana.
Abraço.

VÉU DE MAYA disse...

esta nesga do mar, está agora abençoada com o pássaro que sabe voar...poeta.

abraço,

Véu de Maya

mfc disse...

Um hino lindo à liberdade!

Rosário disse...

a natureza é sábia. mais ainda quem a sabe olhar. e ver pássaros de água.


um abraço

Eduardo Miguel Pereira disse...

Não há represa que detenha a corrente de pensamento do poeta.

BRANCAMAR disse...

Que linda esta expressão de liberdade Eufrázio!

Estes últimos poemas são comoventes, fruto de quem sabe e sente os valores da liberdade e das dificuldades da vida de alguns, de quem tem uma sensibilidade que os "meninos de redoma" que nos governam nunca conseguirão ter.

Vou por aí fora ao encontro desas nesga de mar...

Beijos
Branca

tb disse...

Salvam-nos os pássaros...
Beijinho.

BlueShell disse...

...Enquanto Houver uma "nesga de mar"....

Um beijo e parabéns.
BShell

Pata Negra disse...

Mas ninguém diz das margens que o comprimem! Valha a força do teu braço de mar e a poesia! O pássaro, esse, pode sempre estar às mãos de um caçador!
Viva o mar e um abraço em voo

Genny Xavier disse...

Caro poeta,
A natureza nos dá sempre boas lições...desde uma pequena gota capaz de encher um mar ou uma simples nesga que liberta suas águas...
Poema inspirador!

É bom retornor aos cheiros e sabores deste mar arável!
Que os sonhos sejam possíveis em 2012.
Genny

manuela baptista disse...

e voou o pássaro e levou a aldeia

na quilha

que é dos barcos, dos pássaros e do amor, mesmo de olhos tapados


pode ser estreito e pequeno o espaço, mas as longas cartas também cabem nas caixas de correio

um abraço

manuela

Sonhadora disse...

Poeta

Um 2012 cheio de amor e poesia.

Beijo
Sonhadora

Beatrice disse...

e o pássaro voou,,,e o poeta cantou...

abraço

bea

nacasadorau disse...

Enquanto espero por mais, deixo beijo.

Vítor Fernandes disse...

Foi obra, Eufrázio. Um desenho que é um poema.
Um abraço.

© Piedade Araújo Sol disse...

e ainda bem que o pássaro se fez ao voo.

belo poema

beij