domingo, 18 de dezembro de 2011

O NATAL VAI COMEÇAR





                                                            Publicado no meu "CAÇADOR DE RELÂMPAGOS"



O Inverno faz as pessoas recolherem às cavernas para melhor se amarem.
Sacode-se nas árvores penadas, inventa polícromos arco-íris, manifesta-se lúcido contra a perfeição, faz trejeitos ao rosto. Ri-se nos olhos de toda a gente.

Lá no alto, por cima das nuvens de chumbo, levanta a voz dos relâmpagos e às primeiras pancadas de Moliére, abre o pano. Vem ao palco e anuncia:

- Senhoras e senhores, a fábula " é uma pintura onde podemos encontrar o nosso retrato" .
- Que dia é hoje?
- Silêncio.
- Senhoras e senhores, ides assistir à mais fabulosa história da nossa estação.

As luzinhas furta-cores são as mesmas. O mesmo barro, o mesmo pinheiro, o mesmo musgo, as mesmas pedras. A mesma estrelinha na carapinha do mesmo presépio. O mesmo rebanho, os mesmos pastores, a mesma palha, o mesmo bafo.

Ides ser cúmplices dos animais, dos anjos que vão cair pelas chaminés nos sapatinhos dos meninos ajoelhados - até ao momento em que o galo cantará.

Lá fora as ruas estarão um sonho - até nos olhos colados dos outros meninos, nas montras do céu.

Tudo será luz nas casas iluminadas, nos corações vibrantes - menos nos olhos sem abrigo.

Vai chover. Amai-vos uns aos outros.
Eu sou o Inverno e o Natal vai começar.


65 comentários:

Rogério Pereira disse...

A densidade triste e bela das tuas palavras
deixo-me sem as minhas...

Vou voltar a reler o teu "Caçador..."

Sopro Vida Sem Margens disse...

.. e tudo será luz um dia..um dia em que nas casas iluminadas a vida será o barro e o sonho dos pinheiros mansos cúmplices dos sorrisos dos meninos ajoelhados..

Beijos daqui...
e
Um brilho de Natal

Mirian Martin disse...

E um beijo ao meu amigo, porque um Natal sem beijo e sem abraço não é Natal. ;)

www.amsk.org.br disse...

Hoje descobri mais alguem na estrada, não sei como, mas pude vê-lo. Amam
bj meu

valquiria oliveira calado disse...

Ando distante, mas conservo no coração o carinho aos irmãos.
Peço desculpa por deixar uma mensagem pronta, mas correndo
não daria tempo de visitar a todos.
Antecipo-me e abraçar e desejar bençãos de prosperidade, amor e muita comunhão.
♥FELIZ FESTIVIDADES DE FIM DE ANO!
‎|..|..|..|..|..|..|...★
..|..|..|..|..|..|.★¶¶★
..|..|..|..|..|..|.★¶¶★
..|..|..|..|..|..|★¶¶¶¶★
..|..|..|..|..|.★¶¶¶¶¶¶★
★¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶€¶€¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶★
..|★¶¶¶¶€€€€€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
..|..|★¶¶¶¶€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
..|..|..|.★¶¶¶¶€€€€€€¶¶¶¶★
..|..|.★¶¶¶¶€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
..|.★¶¶¶¶€€€€€€€€€€€€€¶¶¶¶★
★¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶€¶€¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶★
..|..|..|..|..|.★¶¶¶¶¶¶★
..|..|..|..|..|..|★¶¶¶¶★
..|..|..|..|..|..|.★¶¶★
..|..|..|..|..|..|..|.★
..|..|..|..|..|..|..|..|
..|..|..|..|..|..|..|..|
..|..|..|..|..|..|..|..|
..|..|..|..|..|..|..|..|
..|..|..|..|..|..|..|..|
..|..|..|..|..|..|..|..|
..|..|..|..|..|..|..⋱⋮⋰
..|..|..|..|..|..|..⋯★⋯
..|..|..|..|..|..⋱⋮⋰
..|..|..|..|..|..⋯★⋯
..|..|..|..|..⋱⋮⋰
..|..|..|..|..⋯★⋯
..|..|..|..⋱⋮⋰
..|..|..|..⋯★⋯
..|..|..⋱⋮⋰
..|..|..⋯★⋯
..|..⋱⋮⋰
.
Estrela de Natal

Ah, se eu pudesse,
Tocar a estrela mais brilhante
Ainda que fosse a mais distante,
Que em todo o céu resplandece

Se eu a tivesse em minhas mãos agora,
Eu a colocaria no topo da árvore decorada
Para que, alegre, cintilasse na madrugada,
E despertasse satisfeita nos braços da aurora

Se pudesse, sozinha, representar o Natal,
Eu a rechearia de puro amor e eterna paixão,
E se em seus ombros carregasse o perdão
Faria do mundo um lugar especial

Mas hoje eu descobri onde está esse lindo cometa
Que não pode ser nem levemente tocado
Que pelas mãos do Criador foi abençoado
E que vive no mais belo dos planetas

Esta estrela intensa de magia natalina,
Encontra-se bem ao fundo do mais sensível coração
E com o amor que une irmão a irmão
É a mais bela prova de uma graça divina.
Autoria: Helen Bampi

Parole disse...

O inverno logo passa...

Um abraço caloroso de feliz natal daqui dos trópicos.

trepadeira disse...

"menos nos olhos sem abrigo",pois e querem que sejam cada vez mais,estes bandalhos.

Um abraço,
mário

antonio ganhão disse...

Em cada estação alojemos o espírito do Natal.

Flor de Jasmim disse...

Nos sem abrigo está o meu pensamento todos os dias e não só pelo Natal, esse é um dos motivos porque não consigo ter espirito natalicio.

Beijo e uma flor

manuela baptista disse...

eu sou a cúmplice
de quem acredita nas chaminés

de quem muda a face sem abrigo, mesmo quando não se muda mais nada

cúmplice de rebanhos e pastores e de estrelas

se estivessemos todos virados para o frio, quem gostaria de nós?

desejo-lhe um Natal, virado do avesso, do outro lado das coisas banais, é uma forma de começar

um abraço, caçador de relâmpagos


manuela

ana disse...

Mar Arável,
Um lindo conto de Natal em poesia, onde nada foi esquecido, os que riem, os que choram, os que buscam abrigo... mas no final todos olham a montra do céu... e a estrela lá está!
Bj.

VÉU DE MAYA disse...

Poeta,em pausa de Natal...vim lhe deixar um abraço, com votos de um Natal Feliz e próspero Ano Novo.

Véu de Maya

Agulheta disse...

Palavras em tom de inverno e magoado pelos homens,onde em cada luz está um menino nas palhas deitado, e outro colado aos vidros da montra onde deixa lá os sonhos e ilusões.Em cada coração se viverá a palavra Natal,sem lar,sem sonhos e sem esperança.
Beijinho e Feliz Natal

BRANCAMAR disse...

Explêndido Eufrázio!

Com mais mestria, metáforas e realidades mais bem retratadas este poema repete algumas ideias dos que reeditei lá no Brancamar.
Gostei de tudo e particularmente de:
"Tudo será luz nas casas iluminadas, nos corações vibrantes - menos nos olhos sem abrigo."

esta é uma realidade que sempre me comove e me impressiona no Inverno e particularmente nesta quadra.

Ontem mesmo regressava de uma acção da Amnistia Internacional e tinha o carro num sítio onde estaciono muitas vezes no centro do Porto, junto ao edifício que foi o famoso cinema Batalha e que está pela segunda vez em degradação, após uma difícil recuperação. Ali têm dormido desde há uns meses dois sem-abrigo na soleira do que era a entrada do antigo cinema e as vitrinas que serviam para colocar os cartazes de promoção, servem-lhes agora de roupeiro, onde colocam os poucos haveres. Vejo-os desde o princípio do Inverno, sempre que ás sextas-feiras, pelas 21h vou apanhar a filha na empresa de camionagem, quando vem passar um fim de semana do seu precário estágio profissional em Leiria e eles já se recolhem do frio que os atormenta.
Ontem, ao chegarmos aí, já depois de ter estado na Fnac, onde José Luís Peixoto assinava o seu último livro "Saudade" e conversava com os leitores e depois de ter jantado, eram 22h e estavam três carrinhas de uma organização de apoio aos sem abrigo paradas ali perto, os elementos debruçados sobre os dois homens que se aconchegavam em cobertores e presumi que esperavam outras pesoas.Com tantas carrinhas bem cheias, presumi que aquele seria um ponto de encontro e de procura de apoio de outros sem-abrigo.

Esse sim é um espírito de Natal de todos os dias.

Obrigada Eufrázio, gostei tanto, mas tanto, tantoooooo, dos seus poemas um dos que mais me disse.

Tenha um Natal assim, amando os outros e apesar de tudo, será FELIZ, porque só amando se consegue sorrir para os outros e distribuir felicidade.
Assim, um Feliz Natal para si e para os seus.

Beijinhos
Branca

Jorge disse...

Gostei. Bom Natal.

jrd disse...

Rituais interiores que se repetem, mesmo que o Inverno seja o do nosso descontentamento.

**♥✿-franciete filipe-✿♥** disse...

Adorei a sua história, ainda pensei se comentaria ou não, talvez seja um pouco de ousadia da minha parte, sabendo que não tenho categoria para tal, mas como sou sua amiga "" desde que entrei no facebook.
Então pensei vou comentar, serei mais uma a fazer número no seu blog. mas digo desde já eu sou sincera pois se não gostar não comento; creia-me que gostei mesmo de tudo que aqui li também tenho vários blogues, mas a minha escrita ao pé da sua não tem nada é muito simples pois é simplesmente o que me vai na alma, mas eu acho que todos nós somos um pouco assim.
Irei comprar o seu livro porque gosto muito de ler um bom livro e penso que o seu é um bom livro, me desculpe o alongamento do comentário era para ser curto mas já vai longo, se me permite irei ser sua seguidora e virei sempre que possa.
Tenha um santo e feliz natal, com saúde, paz e muito amor em sua vida bom sucesso...beijinhos de luz no seu caminho.

mfc disse...

O Natal é triste sim...

Sara disse...

Maravilhoso e verdadeiro.
Creio que a melhor prenda a que poderíamos almejar seria que nenhum olhar fosse vazio de luz.
Um feliz Natal e um excelente 2012, Eufrázio! :)

lino disse...

O melhor Natal possível, longe do "mago" Gaspar!
Abraço

R. disse...

Importa lembrar o Inverno ininterrupto que é a vida de muitos. Importa lembrá-lo nesta época e diariamente. Mesmo se incomodo para alguns, é louvável alertar para o sofrimento real em dias de tanta futilidade.

Pastelaria disse...

subindo degraus de anões
passando em frestas para o lado de lá
cega-me a luz
subo degraus dedilhando espaços
onde só cabem os dedos mais finos
sopro na sombra
subindo degraus de anões
enrolo-me numa bola escura
gigante
seguro-a nas mãos
cega-me a luz
dedilho persianas de luz
estilete que não verga
passeio com passos dedilhados
escondo-me na sombra enrolada
subo degraus de anões
sopro na sombra
num vento fininho
abano degraus de anões

Isa GT disse...

Natal... qualquer dia sai do calendário e até inventam um imposto para o dia... e para a véspera ;)

Bjos

Sonhadora disse...

Poeta

Que o Natal seja em todas as estações do ano e da vida.
Feliz Natal com paz e amor.

Beijinhos
Sonhadora

OutrosEncantos disse...

eu gostei do teu conto, Mar.
gostei por ser verdade, a verdade incómoda que todos procuram esconder, para que se tenha uma noite feliz, sem culpas.
gostava de saber dizer "as coisas" assim, bonito, como tu sabes.
feliz inverno e natal também :)
beijo.

tecas disse...

» Menos nos olhos sem abrigo» Um conto triste no limiar da realidade. O inverno prolonga-se sem dúvida, para quem nada tem. E, a hipocrisia social, também se prolonga por tempo demais. Natal, deveria ser todos os dias. Sem mais palavras, desejo-lhe o melhor do mundo e bem haja por este belo e triste conto que obriga a uma reflexão. Boas Festas e um abraço amigo.
PS: Desculpe a minha ausência. Muito trabalho e uma gripe não me deram tréguas, para poder retribuir a gentileza das visitas ao meu blog.Grata pela atenção e carinho.

intimidades disse...

:)

feliz natal

Bjinhos
Paula

Marta disse...

"Vai chover. Amai-vos uns aos outros.
Eu sou o Inverno e o Natal vai começar."

Sim, começai por ai...Amai-vos uns aos outros!!!

FELIZ NATAL

Fa menor disse...

Nesta quadra de Natal, os votos de Festas Felizes!
Paz, Amor, Luz, Esperança num mundo sempre melhor.

maceta disse...

a realidade é dura e fria como é a dor e o sofrimento...

abraço e bom Natal, o tal que o outro diz "o melhor possível"...

Nilson Barcelli disse...

Belíssimo texto de Natal. Diferente e, por isso, ainda mais genuino.
QueCaro amigo, desejo que tenhas um Bom Natal e um Feliz Ano Novo, na companhia dos que te são mais queridos.
Abraço.

Sônia Brandão disse...

Amai-vos uns aos outros...

Abraços e um Feliz Natal!

© Maria Manuel disse...

Lindo o poema, a expressão poética do inverno a entrar no natal.

um abraço e desejos de Boas festas e um Bom Ano Novo!

CF disse...

Estarei ausente da blogosfera, talvez de forma permanente, mas não quis deixar de passar por aqui para desejar-lhe um Feliz Natal.
Abraço

OceanoAzul.Sonhos disse...

Comovente conto de Natal.

Obrigada pelas palavras deixadas no Oceano, durante este ano.
Desejo-lhe um Feliz Natal e muito sucesso, Paz e Amor para 2012.

Abraço
oa.s [cecilia]

Eduardo Miguel Pereira disse...

Estive uns tempos afastado da "bloga", e quando regresso sou presenteado com esta beleza de palavras.

Obrigado. Bom Natal.

www.amsk.org.br disse...

FELIZ NATAL
FELIZ NASCIMENTO,
FELIZ CAMINHO,
LACHO DROM,
LACHO KRECHUNO .

Cozinha dos Vurdóns

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Venho simplesmente

desejar-lhe um Bom Natal!

Saudações poéticas!

George Sand disse...

Um feliz natal e que o ano de 2012, lhe traga muita inspiração!

AC disse...

A lucidez desfaz encantamentos, mas pode ser semente para outros percursos...

Abraço

Justine disse...

Vou hibernar para dentro da caverna e só de lá saio em Março!

Irene Alves disse...

Gostei muito deste texto.
Desejo a si e sua Família
um Feliz e Santo Natal.
Bj.
Irene

Baby disse...

E que o Natal seja para todos, te encha e nos encha o coração de amor e solidariedade para com o próximo.
Um abraço.

Zé Povinho disse...

Um Feliz Natal e um bom Ano Novo.
Abraço Natalício do Zé

Mel de Carvalho disse...

Ler e reler, cada palavra sua, aqui ou em livro, é, de algum modo, um presente de natal. A sua amizade é, de igual modo, algo para a qual só lhe posso dizer: Bem-haja.
E, do coração, lhe desejo um Santo e Feliz Natal, extensivo aos meus amigos de quatro patas.

Beijo fraterno
Mel

Flor de Jasmim disse...

Eufrázio
Voltei para deixar um beijo e uma flor.

Feliz Natal

JPD disse...

Feliz Natal

Um abraço

tulipa disse...

Expresso
os votos de um Feliz Natal
e um Ano de 2012
repleto de saude e alegria...

Beijinho.

elvira carvalho disse...

Passei para desejar um Santo Natal e um ano 2012, tão feliz quanto o deseje. Sobretudo com muita Saúde e muito Amor, que ambos vão ser preciosos nos tempos que se avizinham. Tudo de bom para si.
Muito bom o seu texto, embora ele retrate uma crua realidade.
Um abraço e FESTAS FELIZES

Isabel disse...

Boa noite Mar Arável
desejo-lhe um Feliz Natal e que o Ano Novo traga a realização dos sonhos.
Que seja um inverno do contentamento...porque não?...
Beijos

Alvarez disse...

Um abraço e votos de longa vida!...

George Sand disse...

Voltei.
A este espaço voltei... achei que neste natal precisava de reforçar os votos de um feliz Natal

Isamar disse...

Desejo-te um Santo e Feliz Natal rodeado daqueles que mais amas. Que o amor, a saúde, a amizade sejam uma constante desse dia e de todos os que se lhe seguirem.

Beijinhos

Bem-hajas!

Pata Negra disse...

O Rei dos Leittões sente-se orgulhoso de desejar ao Mar um Natal impossível e uma ano novo cheio de lutas possíveis.

Não comam carne de porco! Comam Coelho! Isto não é o Fim do Mundo! É o fim do sistema!

© Piedade Araújo Sol disse...

um texto um pouco diferente do que nos habituou

inovador e muito bem escrito

gostei

Um grande bj

e votos de Boas Festas para ti também!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O Inverno dura o tempo de muitos Natais. Podíamos aproveitá-lo melhor...
Votos de um Feliz Natal

Olinda Melo disse...

'Amai-vos uns aos outros!'

Mar arável, desejo-lhe um Natal cheio de coisas boas e Ano Novo de sucesso.

Abraço

Olinda

SAM disse...

Querido Mar,


Uma realidade triste que não se pode negar. Belíssimo poema e uma lição para refletir. Sempre é tempo.

Natal Feliz junto aos que ama e um 2012 melhor sob todos os aspectos.


Beijos com carinho e abraço de gratidão.

:.tossan® disse...

Feliz Natal a você e toda a sua família é um desejo meu e do mar. Abraço

mdsol disse...

Boas festas. :)

Virgínia do Carmo disse...

Que comece o Natal. O de verdade. E que nunca nos abandone.

Desejo-lhe um Natal muito feliz, Eufrázio

maceta disse...

ah, se o Natal fosse coisa boa todos os dias...


Boas Festas

Laura Ferreira disse...

Belíssimo, e inspirador.

Canto da Boca disse...

O que eu gostaria de fato era que o natal, o sentimento do natal, permanecesse o tempo todo no mundo e em nós...

Isamar disse...

Feliz Ano Novo, amigo! Que todos os teus desejos sejam concretizados apesar do mau momento por que passamos. Saúde, Paz, Amor...

Beijinhos

Bem-hajas!