sábado, 12 de novembro de 2011

SOMBRA DE LUZ




                                                                   MAGRITTE


Quando despertei
para a árvore
que ajudei a plantar

nos espelhos da memória
chovia uma sombra de luz

desejos paisagens sons

e foi assim
neste equilíbrio
fugaz de assimetrias
que inscrevi no tempo
um espaço
para agitar o vento

mares salivas flores de sal

e foi assim
a prumo nos mastros
em desassossego de barcos
que organizámos jardins
bandos de pássaros
relâmpagos

Quando despertei
vesti o melhor fato
só para te ver

e tu lá estavas
sombra de luz

42 comentários:

folha seca disse...

"Quando despertei
para a árvore
que ajudei a plantar"

Interrogo-me caro poeta se as arvores que "ajudámos" a plantar têm sido devidamente adubadas e regadas para suportar os vendavais que se vêm no horizonte.
Abraço

Mirian Martin disse...

Um dia eu descubro o que, uma pessoa como eu, que não tem nem um traço poético em suas escritas, adora viajar no Mar Arável... Talvez porque cada expressão usada me leve para outros mundos, outras histórias, outros universos... Mas adoro.

www.amsk.org.br disse...

E creio que estava,
luz em sombra.

bjs meus

trepadeira disse...

Também,por vezes,gosto de correr atrás de sombras que não vejo.

Um abraço,
mário

ana disse...

Há desassossegos que se tornam harmonias. Foi o caso, harmonia entre a sombra e a luz que projectam a árvore onde pousam os pássaros!
Bj.

manuela baptista disse...

eu gosto de espaços para agitar o vento

vestidos de luz também

um abraço

Flor de Jasmim disse...

A agitação faz parte do desassossego, a harmonia está cada vez mais afastada.
Beijo

jrd disse...

Um belo poema diáfano que nos ilumina.
Abraço

© Maria Manuel disse...

a vida é feita de desassossegos, são aliás inerentes à natureza humana. mas podem a memória e os afectos redimi-los, quando despertamos em nós as«sombras de luz» idas e despertamos nos outros «sombras de luz» presentes.
gostei muito do poema, das imagens, do início e final em jeito circular.

abraço!

mfc disse...

No princípio era um sonho, que felizmente se concretizou!
Uma forma muito linda de o dizer...

© Piedade Araújo Sol disse...

e que as sombras sejam sempre de luz...

um beij

Rosário disse...

há sempre luz em todas as sombras... muito belo!

um abraço


Rosário

Maria João disse...

Como árvores
erguidas " a prumo nos mastros"
serão amplas, aos nossos olhos, todas as claridades.

Um abraço, Eufrázio

tecas disse...

«Quando despertei
vesti o melhor fato
só para te ver» E...valeu a pena. Excelentes metáforas, num sublime poema.
Abraço amigo e bom domingo.

CF disse...

É esta a nossa essência...
entre equilibrios e assimetrias
Desassossegos e organizados jardins!!!

Abraço

marlene edir severino disse...

Os afetos iluminados que acompanhamos à sombra...

E sem a sombra
como enxergar a luz?

Abraço daqui!

Justine disse...

Tudo é possível numa paisagem de Magritte e nas palavras de um poeta...

Lídia Borges disse...

Efectivamente, um momento de rara beleza para guardar num poema iluminado.

"e foi assim
neste equilíbrio
fugaz de assimetrias
que inscrevi no tempo
um espaço
para agitar o vento"

Um beijo

L.B.

Licínia Quitério disse...

Na tua senda de agitar o vento sempre encontrarás a tua sombra de luz.
Também Magritte me encanta.

irene alves disse...

Está difícil até para os poetas.
Penso que compreendi a mensagem.
Um braço/Irene

Fê-blue bird disse...

Um desassossego de palavras e de afectos que me seduz.
Lindo!

beijinhos

OceanoAzul.Sonhos disse...

...uma sombra de luz, que ilumina palavras.
Muito belo.
abraço
oa.s

intimidades disse...

mais uma vez

lindissimo

Bjinhos
Paula

George Sand disse...

"Chovia uma sombra de luz"...lindo.
Fantásticas estas viagens em mar arável

AC disse...

Há conquistas que se fazem pela perseverança em trilhar determinado caminho. Nestes pressupostos, em que a dúvida e o desassossego andam quase sempre de braço dado,a sombra de luz é sempre patamar de recompensa...

Abraço

Rogério Pereira disse...

Vou, também, vestir o meu melhor fato

Maria Marluce disse...

Tua escrita sinestésica nos faz caminhar e criar belas imagens.

bettips disse...

A sincronia entre palavras e figuras leva a poesia
a outros mundos!
A passar da sombra para a luz.
Abçs

VÉU DE MAYA disse...

a beleza das coisas no mistério das palavras.belo.
abraço, poeta.

Véu de Maya

Teresa Durães disse...

olá, Tenho um convite no meu blog!

Secreta disse...

"Vestir" o melhor fato para honrar o que vamos ver...

hfm disse...

Um poema que deixa as palavras respirar - belíssimo!

São disse...

Todas as sombras serão uma dia afastadas e só restará luz, meu amigo.

Bons sonhos.

Olinda Melo disse...

Como é que será uma 'sombra de luz'? Nem escuro escuro nem brilhante...talvez uma média-luz, algo etéreo que apazigua a alma, o coração (?.Nos braços da memória nos entregamos e, então,por vezes temos encontros que nos sabem a 'mares salivas flores sal' e tantos outros sabores...

Lindo poema, Mar Arável!

Abraço

Olinda

BRANCAMAR disse...

Que dizer, senão recitar e silenciar perante o espanto dos sentimentos, que espreitam nas mais belas metáforas?!

Gostava de escrever poesia assim, :)

Beijos

anamar disse...

Lido em alta voz ou melhor, em voz alta...
Bjssss

OutrosEncantos disse...

e no agitar do vento as sombras balançam no abraço da luz.
porque luz e sombras são como sol e lua, inseparáveis.

lindíssimo, adorei :)
beijo.

Mel de Carvalho disse...

"... despertei
para a árvore
que ajudei a plantar"

é neste despertar para o que ajudamos a plantar que nos damos conta do que tem valor de verdade - a liberdade, a democracia, a equidade, entre tantas outras árvores de frutos sãos.

muito belo
abraço daqui
Mel

heretico disse...

fulgurante momento de poesia.
no limite do sublime...

abraço, Poeta

Canto da Boca disse...

Belas e fortes imagens, mas a ideia da flor de sal sendo engolida pelo mar, me fez acreditar que todo o sal dele, um dia foi uma flor à espera de ser colhida;

e os relâmpagos são as asas soltas dos pássaros que cansam de voar sós!

Belo, belo!

Karl disse...

Aquele melhor fato.
Aquele sempre-mesmo contraste.
Aquela ansiedade.
Aquele alguém....

Anónimo disse...

"lá estava"
e
ainda estou
"sombra de luz"

enquanto houver
jardins
pássaros
mastros
mares
barcos
marés...

...lá estarei!

princesa