domingo, 6 de novembro de 2011

OUSAS SER LIVRE






Ao vento desgrenhada
nas palavras soltas
a desbravar caminhos

de ti escarpa
apenas sei que és a mais abrupta

mas quando traço
um olhar vertiginoso
no teu corpo
nada se perde

nem o vento que bate à porta

Entras e sais
mas deixas um rasto
nas paredes da casa
inscreves no tempo incerto
rotas de barcos
seguras lemes gáveas e lumes
com a firmeza das mãos

Quando te despes de ti
apenas sei o sopro desalmado
no fulgor dos pássaros

ousas ser livre

e já é tanto


43 comentários:

jrd disse...

Muito bom.
Momentos há em que ousar ser livre, mais do que tanto, é tudo.
Abraço

BRANCAMAR disse...

Ousar ser livre é sempre tanto...num mundo de subtis prisões.

Muito belo, como sempre.

Beijos
Branca

mfc disse...

Já não me resta outra coisa senão ser livre!
Os anos devolveram-me essa liberdade.

Rúbida Rosa disse...

Impossível não sentir-se livre nesse teu mar...

www.amsk.org.br disse...

Ousar sempre,
ser livre é imperativo de viver.

5 bjs

AC disse...

Sim, é tanto!
Um poema que é viagem...

Abraço

trepadeira disse...

Como se comenta coisa tão bela e profunda?

Quero ousar.

Um abraço,
mário

Sara disse...

Maravilhoso!
É verdade, mas não posso deixar de lamentar que a liberdade seja uma ousadia e não a condição natural de todos.
Se não puder ser de outra forma, sejamos ousados, então.
Um abraço e uma boa semana.

Isabel disse...

Ser livre paga-se caro às vezes.

Lindo poema.
Boa semana

Maria disse...

É tudo. Ou quase...

Beijo.

Canto da Boca disse...

E nessa ousada liberdade, lhe aprisiona, e escreves poemas que voam pássaros, entre as escarpas...

Anónimo disse...

Liberdade!
Tu sabes dela melhor que ninguém.

Liberdade é um animal sempre ferido.
Ousar ser livre...
O poema é lindo!

M.

hfm disse...

Belíssimo. Como diz o jrd - é tudo.

Mirian Martin disse...

Neste último dia 2 ousei "ser livre" - deixei todos em casa e fui viajar sozinha. Voltei ontem, sem voz... e feliz! Liberdade cobra o seu preço, mas até isso é gostoso de pagar. :)

lino disse...

Que bom seria se alguns milhões de portugueses ousassem ser livres!

Nilson Barcelli disse...

Em liberdade tudo é mais fácil e natural.
Um abraço.

Fê-blue bird disse...

Liberdade é ousar, é conseguir.
Sempre lindos os seus poemas.

beijinhos

Flor de Jasmim disse...

Eufrázio
É preciso ter a ousadia de ser livre sempre.
Beijo e uma flor

OceanoAzul.Sonhos disse...

Ser livre, tomar asas nas palavras...

um abraço
oa.s

:.tossan® disse...

Maravilha de poesia! Ousas ser livre para poetar e já é tanto.

Secreta disse...

Ousar a liberdade, sempre. Um direito que nos assiste.
beijito.

Fernanda disse...

Despir-se de si... aplacar os desejos e ser livre.

Lindo.

Beijinho

manuela baptista disse...

poema desenhado nas paredes da casa

escarpa
abrupta

firmes as mãos

por ser tanto, um abraço

Lídia Borges disse...

Como um salto para o abismo, acreditando que do voo nascerão as asas.

Um beijo

L.B.

R. disse...

Por vezes vestimo-nos de um "outro"; de um que não é mais do que uma parcela de nós mesmos. Despirmo-nos de nós é, não só um gesto de liberdade, como de coragem também.

Um abraço.

BlueShell disse...

Excelente...ouser ser livre...é um ato de coragem...
Beijo em tom de azul

Olinda Melo disse...

Mar Arável

Ando aqui a passear por esta galeria poética e estou encantada com o que já li, até agora...

Admiro a forma como torna suas as palavras, alinhando-as e desalinhando-as com arte...como nesta escarpa,abrupta, desgrenhada ao vento e que ousa ser livre.

Vou segui-lo...

Abraço

Olinda

Fa menor disse...

Belíssimo.

E que ousemos deixar sempre um rasto perfumado por onde passemos.

Bj

gina henrique disse...

Um belo poema para nos fazer pensar que ser livre não é um dado adquirido mas um sonho comum a todos nós pelo qual devemos continuar a lutar.

Maria João disse...

Porque ousar deveria ser, o rasto e a direcção dos pássaros.

Um abraço, Eufrázio

Marta disse...

Livre enquanto se pode.
Ainda é das poucas coisas que temos,
Ser livre já é ser feliz.

VÉU DE MAYA disse...

Bela silhueta poética numa expresssão terna e profunda da ousadia de ser livre.

abraços, poeta.

ana disse...

Muito bonito este sopro!
A imagem é tão bela como o poema.

Ser livre é a condição para amar!:)
Bj.

intimidades disse...

magnifica imagem

quanto a ser livre? primeiro preciso descobrir o que e

Bjinhos
Paula

carlos pereira disse...

Meu caro POETA Eufrázio;
Belo poema; não se é verdadeiramente livre se não se ama.
Abraço.

Virgínia do Carmo disse...

É imenso.
Quem ousa ser livre está mais perto da verdade.

Um abraço, Eufrázio. E obrigada. Saio sempre mais livre deste mar.

elvira carvalho disse...

Vim agradecer sua visita no Sexta. Não posso dizer que vim conhecer seu blogue, porque já por várias vezes por aqui tenho andado. Nunca deixei nenhum comentário, porque embora goste muito de poesia, eu tenho sempre muita dificuldade em comentar poemas.
Um abraço

samuel disse...

Que maior ousadia?

Abraço.

Baby disse...

Belo poema!
Ser livre é a única ousadia que nos resta.

Beijos.

CF disse...

Alguém que quer viver como um pássaro...por isso ousa ousar!!! Liberdade e ousadia, duas faces de algo que deveria ser inato:)
Abraço

tecas disse...

Sensualmente belo na liberdade das palavras.E, a liberdade...é amor!!!
Abraço amigo.

George Sand disse...

Uma ousadia absolutamente essencial!

Laura Ferreira disse...

É muito bom ser-se livre...