quarta-feira, 7 de maio de 2008

CAVALGAR O VENTO






Estas ondas navegáveis

sempre a chegarem e a partirem

seguem o itinerário minucioso

que resiste

ao despontar das marés



precisamente



no silêncio

onde melhor se ouve Tchaikovsky

desmaiam dunas

e nidificam os sonhos



Chegávamos e partíamos

como se as mãos apenas servissem

para dar de beber às fontes



Chegávamos e partíamos

asas soltas na sombra dos barcos

descontentes mas cantávamos

músicas fundas erguidas

tão limpas de areias



Na intermitência do tempo

onde desaguam submersos outros poentes

cavalgamos o vento

para a água seguir

os nossos passos




19 comentários:

Maria disse...

Provavelmente vou repetir-me: belíssimo!

Um beijo

bettips disse...

Cavalgamos, e ainda mais, o pensamento.
As mãos tecem as palavras, os sons, os punhos.
Trabalham.
Abçs

São disse...

Cavalgar o vento é abrir os sonhos á liberdade!
A foto é um espanto.
Abraços.

hora tardia disse...

e neste tempo intermitente o galope é de saber "musicar" assim as palavras. que o vento não desfaz. antes as entrega.


.

bjj.

L. disse...

escrevi ha bem pouco tempo um poema acerca das aventuras de piotr ilitch na trafaria...

Isabel-F. disse...

bem lindo ...


bjs

CCF disse...

A tua poesia está cheia de rios, mar, lagos, é feita de muitas viagens de água.
~CC~

alice disse...

é bom dançar no vento :) um beijo.

Carla disse...

um poema...um convite às sensações
bom fim de semana
beijos

jrd disse...

Um "1812" no espaço das marés.

herético disse...

sereno e belo. como o Lago dos Cisnes...

abraço,Poeta!

Maria P. disse...

Muito bonito!

Um abraço*

Mateso disse...

Ao ler ouvi o concerto nº 1...As palavras encaixaram na pauta em notas musicais de perfeita harmonia. Nao sei se o vento leva a música se as palavras rolam o sentir.
Bj.

Maria Laura disse...

Essência poética! Belíssimo.

gaivota disse...

tchaikovsky e o sempre eterno lago dos cisnes, lindo!
um poema lindíssimo onde nada se pode dizer a não ser "Parabéns!"
beijinhos

gabriela r martins disse...

EU

te saúdo poeta

em mar arável



.
um beijo

mariam disse...

de passagem... ancorei aqui por momentos... gostei(muito) do que vi...

belíssimas palavras e imagem...

um sorriso :)

jasmimdomeuquintal disse...

espectacular...
bjs

Vieira Calado disse...

Gostei do deu poema.
E também do da mais recente postagem.
Um abraço