quinta-feira, 4 de outubro de 2007

AZUL EM VEZ DE CÉU

ondapcparadise








Na água sem repouso

freme a sabedoria dos espelhos



Pode ser lume esta água

pode ser dor este canto



rumor de luzes reverberando

sonhos de amanhãs



pode ser



espaço azul



em vez de céu




15 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

...

pode ser tudo.


a(final).


lume?


canto. en.canto.


boa noite mar azul céu arável.

Graça Pires disse...

A desordem das ondas. Pode ser lume. Pode ser sonho. Pode ser dor.
O poema é muito belo. Um abraço

Maria disse...

Para além da dor
pode ser, é, MAR!
... arável...

Donagata disse...

Excelente como habitualmente.
Já sentia saudades.

hfm disse...

Um dos mais belos poemas que aqui li. O final é de cortar a respiração. Magnífico!

un dress disse...

pode ser névoa

abocanhar a manhã

e viajar

depois



...



*

Sofia Loureiro dos Santos disse...

Água e lume, dor e canto, tudo em nós.
Obrigada.

nana disse...

pode ser mar
em vez de vida...

isabel victor disse...

...

navegar incertezas ? Afoitar-se ... por mares nunca dantes navegados

________ odisseias

poéticas.Golpes de asa.Sonhos de amanhãs ...

___
Abraço arável

Mateso disse...

Mar azul, arável de Vida ,de sonho, de
frémito ,de manhã e som ... de poesia!
Que encanto!
Bj.

Sophiamar disse...

É mar, aquele que eu busco quando estou alegre, quando estou triste, quando quero pensar, quando quero esquecer... sempre companheiro inseparável.

Beijinhosssss

Isabel-F. disse...

o tema "água" fascina-me.

mais um belo poema para nos deliciar...


bj e bom domingo

samuel disse...

...ainda por cima, lembra "a onda" um quadro fantástico de um pintor japonês...

Gi disse...

Pode ser tanta coisa e contudo já é tanto. Encantador. Como o teu poema.

Um beijinho, resto de bom Domingo

C Valente disse...

grande onda azul linda imagem, grandes poemas
sauda�es amigas