sexta-feira, 8 de junho de 2007

CÃO

cão serra da estrela - o mais amigo dos cães-este é um bébé






Tal como eu pastor





carcomido por balidos





chocalhos e latidos





mais o tempo que passámos





ao ar livre









Torcidos no cajado







dizimados até à côdea





só me faltava





ser mordido





por ti





cão

8 comentários:

Maria disse...

Esse é uma fofura... depois crescem tanto...

Diz-se que os cães são a imagem dos seus donos...
... acho que um cão teu nunca te morderia... acho...

Bom fim-de-semana

João Carlos disse...

Amigo

Perdoe-se o cão que morda o dono, pois se o fizer algo de estranhamente anormal com ele se passará.

Já se o dono morder o cão, isso me parece mais dentro do que é expectável, pois da raça humana, na verdade, tudo se pode esperar.

Não somos nós, todos os dias, mordidos - e devorados - pelos «cães» de S.Bento, de Bruxelas, de Washington?

João Carlos

Mar Arável disse...

Maria


Na verdade sacrifiquei injustamente um cão amigo exibindo-lhe a foto quando na verdade o cão
quando escrevi o texto é figura pública.Peço desculpa ao serra da estrela.



Amigo JOão


Obviamente - só tu podias acertar nos alvos - sem os teres inumerado
todos

collybry disse...

Lindos eles como o poema que acompanha...Lindo Teu espaço...

Meu doce beijo e meu rastoooo

Sérgio Ribeiro disse...

Obrigado, mar arável, por este momentod de ternura, mas também de respeito e alguma (poética) ironia.
Um abraço

AF disse...

muito giro

Vieira Calado disse...

E, mesmo assim, mais vale ser mordido por um cão, do que por um qualquer demagogo.

un dress disse...

:) beijO