domingo, 10 de junho de 2007

A ORAÇAO DE CAVACO












Cavaco presidente encenou - olhos postos em Moisés,

a última cria do Sado,no dia de Portugal,um discurso etéreo

bafiento,fossilizado - cumpriu calendário - com uma única

falha - não revelou a sua influência de magistério neste deserto nacional.

Oremos irmãos

3 comentários:

Maria disse...

Não assisti. Mas ouvi dizer que ele nem soube ler a parte dos Lusíadas que lhe tocou... parece que leu com erros... hehehe

pé descalço disse...

Eufrázio Filipe

Oremos então!!!
e esperemos que esse senhor
não volte tão cedo
ao deserto
porque de pregadores da banha da cobra
estamos nós fartos há muito!!!

um abraço

Celino Cunha Vieira disse...

OREMOS!

Pelo mistério da fé;
Pela reconversão dos pecadores;
Pelo milagre que há-de chegar;
Pelos camelos e dromedários;
Pelos juros que a banca nos cobra;
Pela sardinha que está caríssima;
e
Pela felicidade do MOISÉS,

Oremos então.

Um abraço,

CV