terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

A NUDEZ DAS PEDRAS






Neste mar longo e macio
não se apaga no cais
a nudez das pedras
a memória inteira
da velha araucária

em síntese

a noite num excesso de carícias
freme na sabedoria dos espelhos

só faltamos nós
de tão breves
os sedimentos



eufrázio filipe

17 comentários:

José Carlos Sant Anna disse...

E ferve a garganta em convulsões e espumas
neste imenso palco escarpado!

Um abraço, caro poeta!

Rogério G.V. Pereira disse...

a memória inteira

em síntese

lis disse...

'neste mar longo e macio'
não se passa das medidas _ excesso de sedimento acumulado.

Agostinho disse...

As pedras, Poeta, as pedras macias
De madrugada a neblina cobre-as
nas calçadas deitadas, depois
outra alvorada acontece,
rente ao zénite
É quando se afina o arco
e se vai ao galão lunar
numa pastelaria da baixa

Abraço.

Jaime Portela disse...

Excelente poema, os meus aplausos.
Caro Eufrázio, continuação de boa semana.
Abraço.

© Piedade Araújo Sol disse...


as pedras nuas
e cheias de seus mistérios

talvez a sabedoria esteja nelas

;)

Pedrasnuas disse...

Mostrar a verdadeira nudez é um acto de grande coragem.

Ailime disse...

«... de tão breves
os sedimentos», onde a poesia perdura.
Bjs e ótimo dia.
Ailime

jrd disse...

A nudez da memória na poesia.

Grande abraço poeta

Janita disse...

Nuas de palavras me sinto,
para comentar tão sentido
frémito feito de sonho
de meia-luz e mistério.

Belo poema, de quem sabe que
palavras não são tudo.
São apenas o rasto...

Beijo

Marta Vinhais disse...

Os momentos em que tudo faz sentido...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Genny Xavier disse...

A noite é sábia e guardiã dos mistérios que as pedras e as velhas araucárias testemunham...e nós, seres tão breves!
Belos versos,poeta!

Beijo,
Genny

Graça Pires disse...

É na nudez das pedras do cais que os sedimentos breves se convertem nas palavras do Poeta. Belíssimo, meu Amigo!
Uma boa semana.
Um beijo.

Majo Dutra disse...

E não devíamos faltar...
~~~ Beijo ~~~

manuela barroso disse...

Intenso e belo . Como toda a envolvência .
Beijo , querido amigo

teresa dias disse...

Versos e imagem, uma perfeição só!!!
Beijo.

Canto da Boca disse...

Todo o mar, um mar inteiro para ser deslizado, deslindado na delicadeza e brilho dos espelhos, a refletirem desejos ali, na memória...

;)