quinta-feira, 21 de novembro de 2019

À FLOR DA PELE







Sempre quiz
dar às palavras
a leveza das cinzas
o imaginário dos pássaros
quando voo

desejos incontidos
a desbravar caminhos
no espelho das águas

o belo o pão e o sal
à flor da pele
um beijo
nos mastros mais altos da vida


eufrázio filipe


13 comentários:

Rogério G.V. Pereira disse...

Sempre quiseste
e
o que vale
é o sempre querer

no mastro mais alto da vida

Gil António disse...

Olá, bom dia:- Imagem e poema maravilhosos
.
………. Quer ler? …………….
.
POEMA ** Mulher - Sublime Coração **
.
Desejando um dia feliz

Marta Vinhais disse...

A palavra não é complicada... pode ser um sorriso e aconchega-nos a alma....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Sandra Louçano disse...

Muito bonito:)

Janita disse...

É nos mastros mais altos que vemos mais além,
mas é à flor da pele que sinto e distingo
os falsos pássaros, feitos de papel.

Parecem reais, verdadeiros,
mas num sentir mais forte
não são nada, nem ninguém.

Forte abraço, Poeta.

Impontual disse...

leveza... beleza...impureza

Vanessa Vieira disse...

Olá! Chegando por aqui agora para apreciar teus versos!
Que lindos! Uma poesia leve que encanta!


Lindo teu espaço!
Um abraço!

Ana Tapadas disse...

Querer é poder! Ser constante é essencial...

Beijo

Boop disse...

A palavra...
Essa amante eterna.

saudade disse...

Palavras... Dizem tanto e nao dizem nada...
Lindo
Bom fim de semana

Elvira Carvalho disse...

Quiz e conseguiu transformar as palavras num belo poema.
Abraço e bom domingo

Graça Pires disse...

Desejos incontidos. O imaginário dos pássaros quando voas até aos mastros mais altos da vida. Como quem acredita na magia de qualquer lonjura… Belíssimo, meu Amigo!
Uma boa semana.
Um beijo.

teresa dias disse...

Magnífico, poeta!
"um beijo
nos mastros mais altos da vida"
Beijo.