quarta-feira, 14 de novembro de 2012

QUANDO O POVO QUISER





Quando o povo quiser

se o povo quiser

não ficará uma pedra no chão


 

12 comentários:

Sónia M. disse...

"Quando o povo quiser"...

Beijo
Sónia

Vento disse...

que imagem fantástica
quando o povo quiser
se quiser
constrói-se com amor

Sandra Subtil disse...

O problema é quando ele parece não ter vontade ( cabeça ) própria ...

Olinda Melo disse...


Excelente equilíbrio!É como diz...

Abraço

Olinda

R. disse...

Precisamos de erguê-las, sim, para expulsar os vermes e parasitas que sob elas se escondem e para edificar uma mais sólida e renovada construção.

Flor de Jasmim disse...

"Em cada braço uma alavanca"
Hino de Caxias!

Beijinho e uma flor

© Piedade Araújo Sol disse...

não ficará uma pedra para contar...

Donagata disse...

"... cada fio de vontade são dois braços..."

Hino de Caxias

Canto da Boca disse...

E povo quer?

oasis dossonhos disse...

Primeiro, o Povo engoliu cravos. Depois, o Povo engoliu mentiras, muitas. Agora, o Povo, além de ter ficado sem estômago, está sem alma e em vez de Povo, a palavra descambou para Parvo. Só manteve a primeira e a última letra...

maria teresa disse...

Basta dar-se um "pequeno passo" e dizer-se :NÃO QUERO!

Maria João Brito de Sousa disse...

Andei, indecisa, por aí... confesso que fiquei "presa" ao "milagre" das romãs mas este, tão pequenino e tão grande...


Abraço!