domingo, 26 de dezembro de 2010

BOAS JANEIRAS

Gustav Klimt

DEZEMBRANDO
PARA TODOS
BOAS JANEIRAS

40 comentários:

Maria disse...

Mal posso esperar por Abril, outra vez!!!

Bom ano. Beijo.

Jorge disse...

Boas também!

jrd disse...

Boa!
Vamos a isso!
Abraço

Teresa Durães disse...

onde está o tempo em que cantei as janeiras

antonio - o implume disse...

Bom 2011.

folha seca disse...

Imagens que refletem muitos sonhos, nunca tornados realidade.
Abraço

Justine disse...

Igualmente:)))(vamos esperá-las, cantando o que o Zeca nos ensinou...)

rouxinol de Bernardim disse...

Boas entradas no 2011.

Que o sol da justiça social derrame os seus raios com equidade e o faça urbi et orbi.

Que 2011 traga tudo o que 2010 não foi capaz de nos dar... até o euromilhões... para quem o merecer, claro...

lino disse...

Um Bom Ano!
Abraço

carlos pereira disse...

Meu caro amigo;
Obrigado, igualmente.
Que a tradição nunca se perca.
Um forte abraço.

mdsol disse...

Muita neve cai na serra
Muita neve cai na serra
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem tem saudades da terra!

Boas janeiras e bem cantadas.

:)))

ana disse...

Obrigada pelas "Boas Janeiras"

oferecidas com a criatividade que o caracteriza!

Sonhadora disse...

Poeta
Também para si...o mesmo.

Beijo
Sonhadora

Mel de Carvalho disse...

Meu bom amigo, Janeiro é sempre um mês especial para mim, e, este ano, especialíssimo (vá-se lá saber porquê ...).

Então que seja, Eufrázio, cantemos as Janeiras a este "Janeiro" que somos, povo meio desanimado, certos que Dezembro já lá vai e, logo, logo, o Abril virá...

Feliz 2011, em suma. Ergo consigo a minha taça e brindo (sumo, claro, que tenho "maus vinhos" ...)
Beijo fraterno
Mel

R. disse...

Igualmente, Eufrázio! Que a todos nos brindem com o conforto e a beleza envolventes de Klimt e de uma lareira acesa nas noites frias de Inverno.

Meg disse...

E que como apetece essa lareira!
O resto também, claro!
Feliz Ano Novo!

Beijo

Graça disse...

Que seja mais um ano pleno de poesia. A sua.


Um beijo meu.

[Obrigada pela presença, no meu 'palco', ao longo do ano que vai terminar.]

© Piedade Araújo Sol disse...

bom ano de 2011!

obrigada!

beij

Ivone Costa disse...

Faz tempo que não ouço cantar as janeiras. Bom Janeiro e bom ano.

Ana Paula Sena disse...

Obrigada! Estou realmente desejosa da hora em que possamos cantar as janeiras :)

Um Bom Ano Novo para si. Com um abraço!

Virgínia do Carmo disse...

Sentido abraço, Eufrázio, e votos de um excelente ano novo.

poetaeusou . . . disse...

*
Amigo
,
que as vagas de 2011,
vos(te) traga um mar de saúde e
marés de coisas boas (se possível)
,
abraçada amizade,
,
*

joaquimdocarmo disse...

Caro amigo, venho deixar-lhe votos sinceros de um Feliz Ano Novo!
Beijinho

Sônia Brandão disse...

Feliz 2011!

gabriela r martins disse...

que o natal - já passado - tenha sido cheio de poesia e o novo ano ,que se aproxima ,pleno de palavras prontas a moldar.......

felicidades e


.
um beijo

Anónimo disse...

Klimt é-me sempre bem recebido, com um sorriso grande e bem nostálgico. E vai um copo também, à lareira se a tivesse.
Grata pela companhia: que 2011 seja "de novo", o tal de todas as árvores, de todas as cores.
Abrç da bettips

margusta disse...

Amigo,

...um Feliz Ano Novo !!!

Beijinhos,
Margusta

Isa GT disse...

Bom Ano e que os poetas nos ajudem a atravessar 2011 :)

Bjos

maria manuel disse...

votos de um Bom 2011, pleno de paz, sorrisos e poesia :)

beijo.

JB disse...

Que cada dia de 2011 se vista de sorrisos, de alegrias, de esperança...

E sejamos felizes!

Feliz Ano Novo!

Beijinho

MAR disse...

Feliz todo para ti.
Muchos cariños.
mar
:)

mdsol disse...

Venho desejar-lhe um ano muito bom. E, muito obrigada pela "companhia" generosa, atenta e cheia de poesia.

:)))

maria azenha disse...

para o primeiro do ano

(a tarde não está para versos e a noite
irá varrer todos os passos do primeiro dia do ano.
é no hall de entrada da rua, junto aos caixotes de lixo,
que lisboa desaba.

há quem diga que as plantas não passam fome,
nem sofrem de solidão.

vendo bem ou vendo mal qualquer verso magoa)

Abraço,
Poesia sempre!

maria azenha

Véu de Maya disse...

Vou nessas janeiras, meu caro.
Que 2011 venha com saúde e Paz...e melhores soluções para o Mundo...e com muita poesia também.
abraço,

Véu de Maya

opolidor disse...

que não falte nem papel nem tinta para a poesia...

flor de jasmim disse...

Caro Eufrázio
Que 2011 nos possa tornar alguns sonhos em realidades.
Feliz Ano
Abraço

BRANCAMAR disse...

Pois, o mês que ontem terminou tem-me deixado pouco propensa à escrita e à acção.
Fico esperendo que os teus votos de BOAS JANEIRAS me devolvam a energia e retribuo com um brinde a muito boas acções por parte de todos para um país melhor e um mundo mais justo.
Para a tua vida pessoal desejo o melhor.
Beijos
Branca

Canto da Boca disse...

Janeiro tem sempre o sabor do começo, além de ser o mês do meu aniversário!
Que a poesia vossa sempre transborde essa miríade de emoções em nós.

Que sejas bem feliz em 2011!

;)

Marta disse...

Um dos meus favoritos!
Tenho-o na parede de minha casa, pena não ser o verdadeiro!

Lena disse...

Champanhe Eufrazio !

Beijos

Bom Ano 2011!