sábado, 24 de maio de 2008

CEGUINHO É O CÃO



Porque a vida não é só poesia

e milhares de portugueses quando se sentam

à mesa não comem metáforas com palavras

indizíveis,é preciso acordar o chão que pisamos

enquanto os pássaros aparentemente livres

sonham e o mar cumpre o seu destino.

Tudo isto porque no parlamento nacional

o governo - uma vez mais - se regosijou

com números e percentagens que abrilhantou

a seu modo,em contraste com o país real

que os olhos veem.

Um dos números engalanados com o sorriso

dos mandantes é o da baixa do desemprego.

O que os olhos veem são 427 mil desempregados

e a falácia dos números do governo

que não considerou o aumento da emigração

nacional,os falsos recibos verdes,o trabalho

precário que só nos últimos três meses subiu 11%.

Os números do governo não consideram

os 75 mil novos desempregados,classificados

segundo o INE como inactivos.

Tenta a maioria esmagadora adocicar a crise

profunda e generalizada com migalhas.

Promissor é o grito do cego a quem Sócrates

deu uma esmola.

- Só isto? Ceguinho é o cão.


10 comentários:

jrd disse...

E muita sorte teve ele, porque se o Sócrates pecebesse a metáfora, dava uma paulada no ceguinho...

poesianopopular disse...

Ser�a muito bom, se fosse s� o c�o, mas infelismente ainda existem os que n�o querem ver, valha-nos a solidariedade de CUBA, para p�r os portugueses a verem melhor! Esperemos!
A prosa est� apetitosa!
Abra�o

Maria disse...

Não é só o cão, são todos os que não querem ver. Até lhes tocar à porta. Será que ainda vão a tempo?

Beijo

MiE disse...

Vivemos "morremos" no tempo absurdo

dos números absurdos.

deixo-te um beijo

enorme

entre uma chegada e outra partida.

Leonor disse...

o conceito de justiça devia ser universal. mas não é. assim como todos os outros.
o que fazer?
"a vida é assim!"
claro que não é.
obrigado pelo comentario e visita
beijinhos

Maria P. disse...

Excelente!

Um abraço.

Justine disse...

A manipulação desenfreada das notícias, dos números, de tudo, modelando a realidade à verdade "deles". E ainda há cegos que não querem ver!

herético disse...

que os ceguinhos vão a Cuba para tirar as cataratas...

abraços

gabriela r martins disse...

era....

meu amigo

.....ERA



.
um beijo

alice disse...

eu não consegueria escrever tão bem e sucintamente sobre o tema...

muito bem visto! um beijinho.