segunda-feira, 17 de março de 2008

FLORDEABRIL






Hoje vi com os meus olhos

uma santa mulher

asfixiar um pássaro

nas mãos

só para desenhar no chão

a dor que sentimos


Chamei-a

para deixar nas areias

um beijo côncavo

e permanecer

até a memória arder

os últimos barcos

as algas discernirem

de olhos abertos

todos os ritmos das marés


Chamei-a

para esgrimir contra

a invenção dos destinos

erguer o seu corpo

de grânulos

e recolher todos os beijos disponíveis


Chamei-a

para acordar o sono

deste chão

libertar os pássaros


Hoje vi uma mulher

amada

esculpida na praia

que traz nos lábios

a minha flor de Abril


29 comentários:

Mateso disse...

A flor é ainda botão mas o calor abri-la-á..talvez..um dia.
Belo!
Bj.

alice disse...

essa mulher era um cravo, então :)

boa noite e um beijinho*

herético disse...

belo chamamento...

grandioso. o poema!

abraços

Miosotis disse...

... sensível...

Abraço,

... imagem de grande beleza, também!

Maria disse...

poema beleza pura
Abraço-te

CNS disse...

"(...) esgrimir contra a invenção dos destinos..." Fabuloso.

Licínia Quitério disse...

precisamos dessas visões

abraço

gaivota disse...

assim se faz um poema!
beijinhos

Carla disse...

...a vida nas mãos de uma mulher
lindo!

São disse...

A minha flor de Abril é um sonho que luto para que não morra!
Doce Páscoa.

Graça Pires disse...

Que nunca seque a flor de Abril...
Um abraço

gabriela r martins disse...

dos melhores
momentos
que passei
aqui

quase
único

falta
[apenas]
cumprir
abril

.
um beijo

un dress disse...

...e veio até mim a mulher:

a boca aberta a cuspir

ainda

restos de areia

vagas

amassadas...

Maria Laura disse...

Poema para acordar o sono deste chão. Com amor e cheiro de maresia. Belo.

Maria P. disse...

Um sonho chamado cravo...

Beijinho*

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido amigo... Votoa de uma Santa Páscoa... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

jrd disse...

Cantas bem, Poeta! A mulher de cravo na boca, nas praias de Abril,

Donagata disse...

Bonito.
Sobretudo ajuda-nos a n�o esquecer a nossa flor de Abril.
Um beijo

xatoo disse...

é mesmo isto: do 25A já só resta a poesia. "falta apenas cumprir abril", como diria o outro, o que haveria de aparecer numa manhã de nevoeiro

samuel disse...

Façamos o que for preciso para que fique...

Isabel-F. disse...

belo poema ...

tão real ... a nossa triste realidade ...


Feliz Páscoa para ti


bjs

Mel de Carvalho disse...

Seria essa mulher a "liberdade"???

Bom que fosse. SEMPRE!

Uma páscoa muito feliz, de paz, acima de tudo o mais.

Um abraço
Mel

Sophiamar disse...

Desejo-te uma P�scoa Feliz, cheiinha das coisas doces da vida: amizade, amor, alegria...

Beijinhosssss

Maria disse...

Boa Páscoa
Muita Poesia

Abraço-te, Eufrázio

Clara Branco disse...

Chamei-a
para esgrimir contra
a invenção dos destinos
erguer o seu corpo
de grânulos
e recolher todos os beijos disponíveis

Gostei muito!
Votos de uma Páscoa Feliz, muito embora isto vá um bocado mal para celebrações.

PiresF disse...

…e é uma sorte para alguns de nós, podermos fruir desta convivência generosa, porque, a poesia, é uma arma carregada de futuro e a história já provou bastas vezes que nenhum poder a destrói.
Felizmente, ainda há por aí, quem a agarre com as duas mãos.

Um abraço e boa Páscoa.

Miosotis disse...

Sensibilizada pelos votos poisados em 'fragmentos'!

Serena Páscoa!

pin gente disse...

libertou-o por fim da sua dor
que transformou em flor
das suas penas fez pétalas
das suas asas inertes ventania
seu corpo tem ainda por cumprir
o cravo que abril traria



um abraço

nana disse...

abril está mesmo a chegar?


promete(-me)......




..




x