quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

ISTO NÃO PODE CONTINUAR ASSIM

ZÉ POVINHO - MUSEU

Somos a nação mais antiga da europa,
o país mais feliz do mundo e o povo mais ingrato.
A nação mais antiga porque somos - basta
contar pelos dedos e consultar os anais da história.
O país mais feliz a cantar o fado e a gritar
no futebol,sem problemas étnicos nem de fronteiras
de pele ou religião.O povo mais ingrato - porque
sendo proprietários falidos não deixamos de ser
proprietários endividados,mas proprietários
com o crédito das "nossas" casas,dos "nossos" carros
dos "nossos" telemóveis.Ingratos porque não agradecemos nada a ninguem,só pedimos
a Sócrates,a Fátima,a Deus,à República,
aos Sindicatos e à Liberdade.
Meu povo - isto não pode continuar assim.

12 comentários:

Gi disse...

Curiosamente hoje recebi um mmail que vou tomar a liberdade de to enviar. Temos mesmo um mundo às avessas ... deste muito bem forma ao protesto :)

Um beijinhos

herético disse...

uma boa "enxurrada", precisa-se!

abraços

Maria disse...

Que a próxima chuvada, seja do que for, os leve......
Pode ser que algo trema, brevemente...

gabriela r martins disse...

mal "agradecidos" é o que todos nós somos!!!!!!!!!!!!!!!!!!! precisamos de apanhar tau.tau nos rabiosques!!!!!!!!!!!!!!!! ou umas palmatoadas valentes!!!!!!!!!!!!!!!como no tempo dos nossos avós

.
.
.
e dizes muito bem

ISTO NÂO PODE CONTINUAR ASSIM

um serviço de limpeza nacional ,EXIGE.SE!

.
um beijo

Maria Laura disse...

Pedimos... e ninguém nos acode! Mas existe em nós uma grande inactividade política.
Nada pode continuar assim.

Carla disse...

Não pode mesmo continuar assim, mas a verdade é que não vejo hipóteses de isto melhorar...e não acho que seja pessimismo!

Clara Branco disse...

Acho que estamos a precisar de um desastre natural que acabe com a espécie...política.
bj

C Valente disse...

Boa noite e sauda�es amigas

samuel disse...

Não fica assim, não... é mesmo capaz de inchar!...

Abraço.

Isabel-F. disse...

Concordo ...

que ISTO NÃO PODE CONTINUAR ASSIM ...

mas ninguém se levanta para fazer qualquer coisa???


bjs

Rubens da Cunha disse...

muito bom o seu blog.
E este texto encaixa-se muito ao meu Brasil brasileiro. Parece que se confirma o ditado: quem puxa aos seus não degenera :)

abraços

vermella disse...

tamén nós os galegos somos iguais,pequenas loitas e como fai vostede denunciar é o único que nos queda.............
beijo.