terça-feira, 20 de novembro de 2007

OTA - POR UM MAÇARICO

maçarico de bico direito








Na selva dos grandes interesses e frágeis argumentos para a não localização



do novo aeroporto em Alcochete,a engenharia canora descobriu - só agora -



o maçarico de bico direito.



Não resisto a perguntar-me,a perguntar-vos - o que alguém já perguntou





ONDE VAI FICAR O AEROPORTO DA OTA?




13 comentários:

jrd disse...

Já que falamos de aves: O Aeroporto da Ota vai ficar onde os "patos bravos" e os "melros" do costume, há muito decidiram, i. é, na Ota.

Gi disse...

Isto não é assunto para "Maçaricos" como eu ... só para especialistas. os OTArios :)

Beijinho. Já não há paciência para mais discussão !

Maria disse...

Ainda vão dizer que é por culpa do raio do maçarico.....
... ora, o aeroporto da OTA vai ficar.... na OTA, pois claro!
Vai?

Alexandre disse...

O aeroporto vai ficar onde os interesses falarem mais alto - é assim neste país de pseudo-democracia - Medina Carreira é que tem razão: os governos passam metade do mandato a dar a volta às promessas que fizeram e a outra metade a prepararem as próximas promessas... não há pachorra!

Um abraço!!!

Anónimo disse...

bom....ía começar a divagar...por aí...
mas afinal ao ler o comentário do ALEXANDRE, percebi que estava tudo dito!


subscrevo.

subscrevo e Subscrevo.

__________________beijo




/piano.

samuel disse...

Queremos mentiras novas!
Queremos mentiras novas!
Queremos mentiras novas!

Peço desculpa pela "manif" mas às vezes faz bem saír de casa e apanhar ar...

gabriela r martins disse...

será que esta pergunta é anedota?
ou será que ainda perdes tempo fazendo essas perguntas ingénuas? ... não percebeste que ficará onde houver grandes interesses dos pavões e patos bravos deste país?


um beijo.

herético disse...

as obras públicas nacionais é assim: maçaricos a sul - ratos brancos a norte!

abraços

Graça Pires disse...

Depois de tantas explicações, todas tão cheias de certezas, quem é que sabe qual é o melhor sítio para o aeroporto?
Um abraço

vermella disse...

A política movése por interés económico en tódalas partes,en Aragón(no este espanhol)van construír unha cidade adicada ó ocio con campos de golf e demáis nunha zona desértica, o proxecto custará 17000 millóns de €,xa sei que non consuela pero pasa en ahí,aquí e seguemos a non facer nada............
beijo

Saramar disse...

Não entendi bem, mas sou a favor do lindo pássaro.

beijos

peregrino disse...

Aeropoto da Ota, ou quando a bota não bate com a perdigota.


no paul dos fundos obscuros
nenhuma vida é possível.
nem o indistinto clarão.

no sapal cimério tudo virá ao de cima
como um pútrido fluido: a lama, o lodo,
os limos apodrecidos.
cinéreos e à tona-de-água
vogam na cega impulsão que fede, fende
e implode em estilhaços.

não restarão adónis nem espelhos.
do socrático foco permanecerá, tão-só,
uma flâmula trémula e indistinta
que breve se esvairá em fumo e cinza.


Abraço e bom fim-de-semana.

peregrino disse...

Apologia do Maçarico


Tu, maçarico, a quem o povo adora,
E a quem os dúbios vates enganaram,
Deixa o plangente pranto por agora
E vê como alguns lusos te louvaram.
Não chores, e nota que a deusa Aurora
E Apolo o teu bom estro já cantaram.
Vénus está contigo e também Marte,
Facultando ao teu pio amor e arte.


Feliz maçarico que recebeste
Mil carinhos, desvelos e amor terno,
Olvida os amargores que sofreste
E a ira deste povo tão fraterno.
E se no Santo d’Assis tu já creste,
Não chores, pois não vês que este governo,
Aos maçaricos mil portas já abriu
E que a Ota de novo reabriu?


Vós, mãe maçarica, que deste à luz,
Tão nobre e venturosa avis rara
Vede que Rhiannon já lhe fez jus (1)
E a protege como à plumosa arara.
Cessem da lusa gente os mil tabus,
E impere em seu lugar a razão clara,
A que dá protecção ao passarinho,
P’ra que seja feliz no doce ninho.


Vós, afortunados pais maçaricos
Que criais vossos filhos com ternura
Neste ibero país de mexericos,
Compreendei dos pais pobres a amargura,
Pois dignos lusos são e não jericos.
Que eles tenham também a grã ventura
De fruir como vós amparo e abrigo
Dum Poder que se diz tão seu amigo.


(1) - Rhiannon: deusa galesa das aves, dos encantamentos, da fertilidade e da morte.

Abraço.