quinta-feira, 26 de abril de 2007

AS PEDRAS ESTÃO COM CIO






As pedras estão com cio



(arredondam esquinas para os lábios não se ferirem

agitam-se como lâminas no rosto da água)



As pedras estão com cio



(percorrem o fundo de si mesmo

constroem ninfas de destinos e areias)



As pedras estão com cio



(albergam rebanhos presságios e papoilas

asas maravilhosamente inúteis para a vida)



Quando as pedras estão com cio

navegam errantes pelo musgo de todos os silêncios

desprendem-se em pétalas às portas do chão

embebedam-se sem cuidados no mesmo pranto



imagem de walfran guedes

4 comentários:

Maria disse...

Nunca tinha pensado nisto: as pedras com cio...
É possível. Tudo é possível...

Mas a terra, a terra, está com cio, SIM!
E é agora, com o cio da terra, com as águas mil de Abril, que tudo germinará...
... e em Maio vai florir....

Pedras com cio.. vou dormir a pensar nisto...

Luís Galego disse...

navegam errantes pelo musgo de todos os silêncios

mais uma ode, que registo no meu espaço dos meus poemas e poetas eleitos.

un dress disse...

quando as pedras estão

com cio...?


sentam-se

arras.tada.mente

nas verdes pastagens

.

à espera das outras pedras

:

das que rolam

.

monte

a
b
a
i
x
o

~~~

Eufrázio Filipe disse...

maria - dorme serenamente,mas depois acorda como sempre.bjs.

luis galego - o meu abraço

un dress - que bom - até nas pedras diferentes