quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

A VOZ OCULTA DA LUZ

 





As pedras marinhas de tão azuis
regressam à tona
juntam-se para respirar
a paciência das aves

viris e soltas povoam afluentes puríssimos
respiram fundo pelas narinas do vento

(talvez por isso queiram voar
contra o rosto das palavras
ou pairar como sinais de penas)

As pedras marinhas reanimam 
a voz oculta da luz
que se quer liberta insofrida

a coragem de lutar sobre ruínas


eufrázio filipe


13 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

Lute-se, então, sobre as ruínas!

Abraço!

Janita disse...

Feitas de metáforas e de luz,
as palavras ficam a flutuar no espaço,
até penetrarem nos nossos sentidos...

Um abraço, Poeta.

Rosa dos Ventos disse...

A luz ajuda-nos a lutar!

Abraço

Ailime disse...

Que se faça luz nas asas dos pássaros!
Belíssimo poema.
Beijinhos e bom fim de semana.
Ailime

MARILENE disse...

Gostei muito de seus versos e da significativa imagem que escolheu. Sem luz a luta se torna ainda mais ingrata. E é indispensável para a escolha de caminhos. Abraço.

teresadias disse...

Gostei de tudo: do título, da imagem e, claro, dos versos iluminados.
Há muito que não lia o poeta. Se fez luz!
Beijo.

Lígia Casaca disse...

Admiro essas pedras marinhas,a coragem de lutar mesmo sobre ruínas... e não perderem a tonalidade... azuis como o mar...

Siby disse...


Que nunca se apague esa luz,
que iluminan tus versos.

Besitos dulces

Siby

Graça Pires disse...

Convoco todo o azul das pedras marinhas para pressentir "a voz oculta da luz", mas tuas palavras, Poeta. Sempre excelente.
Cuida-te bem.
Uma boa semana.
Um beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...


o azul nos dará a luz

a coragem nos dará forças

e a luta poderá ser

silenciosa...

:)

vieira calado disse...

Um belo poema, sim senhor!

Cumprimentos meus!

Canto da Boca disse...

Uma coragem revestida de lápis-lazúli, azulando o poema!

Beijinhos, amigo Eufrázio.

manuela barroso disse...

Adorável esta personificação das pedras marinhas em que a respiração as torna tão viventes , tão serenamente luz.
Belíssimo, EF
Beijinho 🌷