sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

PELA VIDA FORA







Estava em desassossego
a despertar o timbre
de outros mares
quando lançaste uma flor para o palco

uma flor vermelha
de lábios doces
que recolhi pétala a pétala

nunca soube quem és
muito menos do teu jardim

mas sei que me acordaste
pela vida fora



eufrázio filipe

(chão de marés)

21 comentários:

Rogério G.V. Pereira disse...

Não sei de cor a página certa
Nem teu "Chão" aqui à mão
Mas sei
quando te li
que acordei
também

Isamar disse...

Que bonito poema, muito prazeroso de ler.
Beijinhos

lis disse...

'Inacessível' jardim.
Há vários.

Larissa Santos disse...

Adorei :))

Hoje : Deslumbras-te na essência da minha tez

Bjos
Votos de um óptimo Domingo

jrd disse...

Um poema a navegar e uma bela Flor de la Mar.

Abraço fraterno

Maria Rodrigues disse...

E o importante é acordar e viver.
Belíssimo poema
Beijinhos

Ulisses de Carvalho disse...

Nada é, tudo está: existir é transmutar!

Rosa dos Ventos disse...

No palco da vida nem sempre nos lançam flores.
Belo poema!

Abraço

Sam Seaborn disse...

Palavras bonitas para um acordar. Não existem acordares tardios…

Bom início de semana

Majo Dutra disse...

Foi fortuito, mas intenso...
Poema interessante e expressivo...
~ Bj ~~~

Graça Pires disse...

Recolheste folha a folha a flor vermelha que agora distribuis folha a folha.
Sempre uma beleza!
Que tenhas um Natal cheio de conforto e um ano de 2020 com tudo o que desejas.
Um beijo, meu Amigo.

Ana Tapadas disse...

Mais um poema extraordinário!


Boas Festas, caro amigo.


Beijinho

Agostinho disse...

Estive aqui neste lugar
Dera passos no tabuado a marcar
o ritmo e o tom
Alinhara palavras tolas,
todas tolas vãs
Vãs porque palavras já não
O Poeta transfigurou-as em ofício maior,
miraculosamente, pétala a pétala
A sua poesia passa-a em pétalas,
descaradamente vermelhas,
de paixão de mão em mão


Muito bom!
Abraço

Anónimo disse...

São encontros que nunca esquecemos. Lindo poema! Umas boas festas!

Menina Marota disse...

"...
nunca soube quem és
muito menos do teu jardim

mas sei que me acordaste
pela vida fora"

A intensidade de um momento que dura uma vida... e permanece.

Um abraço e Feliz Natal

saudade disse...

Uma flor vermelha, de lábios doces....
Fantástico poema.
Bom resto de semana
Beijo

Jaime Portela disse...

Há flores que nos marcam para toda a vida...
Excelente, como sempre.
Caro Eufrázio, um bom fim de semana.
E um Feliz Natal.
Abraço.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de semana pré natalina!
O Amor nos põe de pé...
Tenha dias felizes e abençoados!
Abraços fraternais de paz e bem

Sandra Louçano disse...

Muito bonito e muito singelo este momento poético :)
Fica um beijinho e os Votos de Boas Festas.

AC disse...

Esse teu toque tão próprio, Eufrázio. Que bem navegas!

Abraço

Teresa Almeida disse...

Há instantes, macios e perfumados, que nos acompanham pela vida.
Bjs