domingo, 27 de dezembro de 2015

GENEROSA LAREIRA









No reverso
da generosa lareira
extintos os presépios
se reacende
o lume no sobro


No reverso
de todas as claridades
uma multidão de faúlhas
organiza pelos dedos
novos apeadeiros
de luzes intemporais


surpreende à flor da pele
num fósforo
o corpo lindo das palavras




eufrázio filipe

32 comentários:

Marta Vinhais disse...

Fica-se só com as memórias... Sorri-se no calor do tempo...
Espero que tenha tido um Bom Natal...
Beijos e abraços
Marta

Sandra Louçano disse...

Que lareira generosa e acolhedora :)
Muito bonito o poema.
Fica um beijo.

Observador disse...

Nunca é tarde para o cumprimentar. Não foi no Natal, é agora.
Um abraço, caro Eufrázio.

Miss Smile disse...

Que a chama se reacenda sempre...
Um abraço

Isabel disse...

Continuação de Boas Festas, ao calor da lareira e que 2016 seja um bom ano:)

Rogerio G. V. Pereira disse...

Flamejam as palavras
prolongando
a generosidade
o calor
da lareira

não se extinguirão
quando os presépios se forem

crazy40blog disse...

Pode arder... mas não se consume...
Gostei muito!

heretico disse...

para além do fogo da lareira, o calor da amizade e da solidariedade.

... e o Sonho, que (nos) alimenta!

abraço fraterno, meu caro Poeta.

Janita disse...

As chamas a crepitar na lareira,
um vinho generoso,
um sonho para cumprir
e o nascimento de um poema
único, tão forte quanto
a solidariedade
fraterna e amiga!

Parabéns, Poeta.

Um abraço.

© Piedade Araújo Sol disse...

uma lareira com palavras incendiadas.
gostei!
obrigada pelas visitas e comentários ao longo do ano.
desejo um bom ano de 2016.
um beijo

:)

Existe Sempre Um Lugar disse...

A melhor maneira de sair é seguir em frente com motivação, FELIZ ANO 2016.
AG

ana disse...

Uma elegia à passagem do ano e à entrada no novo, que o Novo Ano lhe traga felicidade e seja melhor que o anterior.:))
Bjs. :))

Majo disse...

~~~
Generosas lareiras, muito iluminadas

são imprescindíveis neste frio tempo,

apenas alegrado por calorosos afetos.

Que sejam dias veramente auspiciosos.

~~~ Beijo, Poeta amigo. ~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Agostinho disse...

As palavras que recebo
são mel farto na boca
são consolo vagaroso
Brindemos na troca
com generoso!

Bom Ano, bom!

Graça Sampaio disse...

Muito belo o poema, também ele generoso em palavras...

Boas Festas, Poeta!

Suzete Brainer disse...

O Poeta (mestre das metáforas) sempre a surpreender:
"Surpreende à flor da pele
Num fósforo
O corpo lindo das palavras"
As palavras, os infinitos dos Poetas!...
Bjs.

Fê blue bird disse...

Senti o calor da lareira e das palavras!
Desejo-lhe um excelente 2016!
Um beijinho

Ailime disse...

Lindo!
Lareiras que congregam, afagam e trazem memórias.
Bom 2016!
Beijinhos,
Ailime

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

É saboroso ter o quente do lume e o sabor dos pensamentos do tempo;
bem poderá adjectivar-se o Novo Ano.
Que te seja Bom.

Abraço
SOL

Silenciosamente ouvindo... disse...

Amigo desejo-lhe a si e a sua Família
um bom ano de 2016.
Com muita amizade. Um abraço
Irene Alves

MJ FALCÃO disse...

Passou o Natal, já chega o novo ano... Bom Ano! Com poesia e com o calor das palavras... e da lareira!
"(...)
extintos os presépios
se reacende
o lume no sobro"
E aquece-nos a alma...

Olinda Melo disse...


Depois das festas e do calor dos "vivas" vem a realidade do quotidiano.
Apetrechemo-nos de amor e de alegria para essa demanda.

Bela lareira!
BOAS FESTAS, caro Eufrázio!

Abraço

Olinda

AC disse...

Que as palavras nunca te faltem, Eufrázio.

Um Feliz 2016!

mariam [Maria Martins] disse...

Soberbo poema (como sempre)! Feliz 2016!
beijinhos e saudade daqui :)
mariam

helia disse...

Um Poema muito bonito e uma lareira muito acolhedora !
Feliz Ano 2016.

Odete Ferreira disse...

"O corpo lindo das palavras"
Relevo este (mas podia ser um dos outros) para deixar nele toda a ESPERANÇA que nos move para um caminho mais liso...
Belo, meu amigo.
Um ótimo 2016.
Bjo, de respeito e carinho :)

Sónia M. disse...

Um bom ano!

Beijo

Lídia Borges disse...


Acolhedor, sem dúvida, no desenho da palavra incandescente.

Um Bom Ano!

Um beijo

Graça Pires disse...

Uma lareira é sempre o conforto que as palavras do Poeta transformam em sinal de esperança.
Um Ano BOM.
Um beijo.

Bandys disse...

As palavras doces sempre são
luz na escuridão.
beijos

jrd disse...

Generosa e acolhedora a tua lareira que ainda crepita como um poema.

Abraço fraterno

redonda disse...

Enquanto leio também fico presa às imagens.
um beijinho
Gábi