quinta-feira, 15 de maio de 2014

ATÉ ÀS CINZAS



video
 
 

18 comentários:

jrd disse...

Um fulgor sublime que arde nas palavras.
Belíssimo!

Abraço Irmão

Laura Santos disse...

Até Fénix se consumiu nas cinzas.
Para renascer.
Muito belo! Gostei muito da música e da voz, também.
xx

Sónia M. disse...

Sublime o poema na voz.

Maré Viva disse...

"Até às cinzas", um longo e penoso caminho se percorre!
Um abraço.

Arco-Íris de Frida disse...

Musica maravilhosa... e o sotaque portugues é um dos mais bonitos... todo o conjunto do video ficou esplendoroso...

Rosa dos Ventos disse...

Não conhecia!
Obrigada!

Abraço

lino disse...

Belo vídeo!
Abraço

Ana Tapadas disse...

Excelente!

bjs

Agostinho disse...

Tudo dito nas palavras ditas.
Um luxo.

Graça Pires disse...

As palavras ardendo na voz do poeta... Excelente.
Beijo.

Janita disse...

Muito bom! Pena não ter sido o autor do poema a declamar.
Gostaria de ouvir-lhe a voz.

Abraço.

heretico disse...

uma bela composição, meu caro Poeta.

mas as tuas palavras não carecem de outra encenação que não seja a forma do poema.

forte abraço

Lilá(s) disse...

Belo vídeo! pela noite dentro que encanto!
Bjs

Teresa Alves disse...

A melodia, em harmonia com a poesia, faz do poema um caminho de Liberdade.


Boa semana.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Até às cinzas...

EU disse...

Intenso, lírico...
Belo trabalho audio-visual!
É sempre muito bom ouvir dizer um poema nosso!
Bjo :)

Ailime disse...

Um momento daqueles que apetece eternizar! Bj

Olinda Melo disse...


Lindo! Tudo se conjuga: Palavras, Voz, Música.

Abraço

Olinda