quinta-feira, 20 de novembro de 2008

RISCO AZUL




TRAÇO NA ÁGUA

UM RISCO AZUL


SOLTO-LHE AS VELAS

DO SILÊNCIO


ASSIM RASGO UMA PEDRA

COM VIDA POR DENTRO


22 comentários:

VFS disse...

e expande-se a harmonia interior

Justine disse...

O traço azul é como um murro. E a pedra suaviza-se ao ritmo das tuas palavras.Belíssimo, tudo.

Teresa Durães disse...

mergulhando na sabedoria da pedra

Laura disse...

E navega sempre, o azul.

Maria disse...

Deixa que navegue
por entre
sulcos de sangue.

Beijos

gabriela rocha martins disse...

que paleta

ESPANTOSA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



.
um beijo "por fora"

polidor disse...

o agreste pode conter imensa sensibilidade...

utopia das palavras disse...

traço de vento
que faz enaltecer
o fulgor das velas
que dançando...
rumam... à sabedoria!

Beijo

maré disse...

o risco
.
.
.
azul

silêncio
e mastro
e corpo
.
.
.
prelúdio.

_______

num abraço de água,sempre.

Maria Valadas disse...

Nuvem azul, feita de palavras, suavizadas pelo sentir do poeta.

Beijo

MADRUGADA... disse...

Eu pasmo com a vida dessa pedra,
se no rasgo não brotar sangue, dor,
sofrimento.

*

Cumprimentos.

isabel mendes ferreira disse...

a vida inteira por um pouco mais de azul...


.


e um beijo.

Maresia disse...

Adorei... Tão poucas palavras, tanto sentir!

Donagata disse...

Palavras belíssimas que deixam um sabor doce na boca...
Bom fim de semana

Graça Pires disse...

Quando um risco azul ganha vida e se transforma em tudo o que quisermos...
Um abraço.

SMA disse...

E as pedras também têm vida
.
.
.
bjo doce
bom fim-de-semana

mdsol disse...

Muito bonito!
:))

éme. disse...

E assim, a vida é azul: porque flui!
:)

Elipse disse...

e já sabias que dentro da pedra estava um poema...

mnemosyne disse...

Esperar um azul que nos complete/um barco de espuma que nos cinzele as margens/e as pedras digam das suas confidências/lágri mas de pedra à flor das águas.

Beijo

heretico disse...

..."um pouco mais de azul" e seria(mos) arma.

abraços.

Mateso disse...

A vida em desenho de velas no azul do sentir.
Bj.