sábado, 14 de abril de 2007

UM CORPO DE ASAS



Queria ver uma multidão

uníssona

em cada gesto teu

e vejo

Queria que tivesses um oceano

organizado

no azul dos olhos

e tens

Queria que fosses um corpo de asas

mas insistes em chamar às coisas

apenas o nome que elas têm

3 comentários:

Maria disse...

Perfeito acto de lucidez...

(acabei de te "descobrir"...)

un dress disse...

por exemplo:

não ter asas.

chamar pele à pele



chamar amor ao amor? :))

Eufrázio Filipe disse...

maria
Agradeço a tua alegria.


un dress
as palavras são seres vivos quando se banham nos espelhos