quarta-feira, 11 de abril de 2007

Os animais tambem são filhos de deus


Hoje
o meu cão de barro
bem humorado
acordou com os pássaros
e logo me recordou
que não vivemos num país
mas num canil.
Sem pestanejar repreendi-o.
Discordei do timbre
da sua voz.
Dei-lhe um osso

e fiquei a roer-me por dentro

3 comentários:

Sofia Loureiro dos Santos disse...

De facto, às vezes bem parece!

un dress disse...

bem bem...um canil com coelhos gigantes...não esqueças...

( coelhos de chocolate!!!)

beijO ;)

Alexandre disse...

Com certeza que o cão de barro preferiria carne mas temo que muito em breve até as pessoas se pelem por um bocado de osso... para pôr na sopa e enganar a fome... já foi assim em tempos, não andamos muito longe de voltar atrás...